Segunda-feira, 22 de Janeiro de 2018

 

(Saulo Machado)

Saulo Machado quarta feira 03 09 2014.

03 de Setembro de 2014



“Não é preciso se preocupar com a morte. Ela é garantida e ninguém vai ser bobo de querer roubá-la da gente”.

Negaram tudo

O presidente da câmara de vereadores de Araranguá Ozair da Silva e o vereador Alexandre Pereira, negaram ontem qualquer envolvimento no esquema desmantelado pelo ministério público que furava a fila de cirurgias do sistema SUS mediante pagamento. Ambos afirmaram conhecer Sérgio Samuel, ex – assessor do deputado estadual Altair Guidi, apontado pelo ministério público como um dos cabeças com esquema. Banha, disse ter tido contato, devido ao fato de ele ser assessor de Altair, que tem agora o filho, Ricardo Guidi como candidato a deputado estadual, o contato foi de cunho politico. Disse que conversou com ele sobre a possibilidade de dobrar com José Paulo Serafim, que é candidato a deputado federal. Alexandre Pereira disse conhecer o assessor, por ser do PPS, seu partido, mas negou que tenha solicitado a ele qualquer cirurgia bariátrica ou cardíaca.

Estava na mesa

Na varredura da Policia no gabinete do vereador Alexandre Pereira foram encontrados alguns indícios de exames feitos em alguns pacientes, bem como algumas consultas. O vereador admitiu ter como prática colaborar com pessoas necessitadas que precisam de exames ou consultas. Tal afirmação pode complicar o vereador, que admitiu a pratica em pleno período eleitoral. Ontem os dois vereadores foram ouvidos pelo ministério público.

Acionou

Ontem a promotora Cristine Angulski da Luz colocou no circuito das investigações a procuradoria geral de justiça do estado e ainda a procuradoria da república. Ela tomou a iniciativa por haver fortes indícios de participação de deputados estaduais e federais, e prefeitos, além de servidores públicos no esquema de fraude na fila de cirurgias bariátricas e cardíacas do sistema SUS. Prefeitos e deputados estaduais e federais, não podem ser investigados pelo ministério público estadual.

Passagem sobe hoje

A passagem do transporte coletivo de Araranguá sobe de preço a partir de hoje. Ontem a direção da empresa Viação Cidade recebeu o decreto do prefeito Sandro Maciel, onde o aumento foi concedido. Se você está saído agora para pegar o ônibus, saiba que a passagem, que custava R$ 2,35, a partir de hoje custa R$ 2,70.

Abordagem

O cidadão muito conhecido em Araranguá e Arroio do Silva, onde reside atualmente, o conhecido Adílio Padeiro, me procurou para relatar uma abordagem feita pela Policia Militar em Araranguá. Adílio, disse que deixou se carro em fila dupla somente para entregar um documento a seu contador na praça Hercílio Luz, próximo a estação rodoviária. Segundo ele, em tempo retornou ao automóvel, quando uma viatura da Policia Militar chegou ao local. Ele disse ao policial que já estava saindo, mas afirma ter sido destratado pelo policial, que faltou com a educação com ele, um senhor de 62 anos. Adílio entende que estava errado e que poderia ser multado, o que não aconteceu, apenas agradeceu ao policial e foi embora. Segundo ele a viatura era um Pálio Weekend e além do jovem policial, uma jovem policial o acompanhava no trabalho. Assim, o cidadão pergunta, se esta é a orientação do comando da PM, porque das vezes em que ouviu em entrevistas aqui na emissora, ouviu exatamente ao contrário.

Do internauta
Saulo, bom dia!

Você sabia que a professora do arroio do silva, Karine dos Santos Coelho, professora de física e química, foi selecionada entre 30 professores em âmbito nacional, a viajar até a SUIÇA onde esteve a pouco mais de 10 dias em um dos laboratórios de física nuclear, participando de um curso na área, dos mais importantes do mundo. Trouxe novidades e conheceu inúmeras pessoas, como o ganhador do premio Nobel de física. Agora o mais incrível. Apesar de estar em 30 professores nacionalmente falando, a terem esta oportunidade, a SDR de Araranguá não liberou-a ao curso, teve que entrar com uma liminar para conseguir, INCRIVEL NÃO? Entretanto, na própria suíça, em conversa com outros pares, estes da própria secretaria de educação, mas de Florianópolis, quando souberam do fato, ficaram incrédulos. Assim, ontem dia 01/09 a professora recebeu uma ligação do ilustríssimo secretário de educação, dando-lhe parabéns pela conquista e questionando-a sobre os fatos de sua viagem e procedimentos tomados pela SDR daqui. Ser educador, é passar barreiras, mas lutar por um ideal.

Sem resposta

Duas questões continuam sem resposta para a sociedade de nossa região. A auditoria feita por técnicos o governo do estado nas contas do SPDM, que administra o hospital Regional de Araranguá e o caso envolvendo o acidente que matou o piloto Edson Beber na última arrancada de caminhões no balneário Arroio do Silva. Nos dois casos, a sociedade continua esperando um desfecho final. No caso da auditoria, muito se ouviu falar, mas absolutamente nada veio à tona. Já o acidente na arrancada de caminhões, o delegado Fernando Lucio Mendes ainda não convocou a entrevista coletiva para apresentar o resultado final das investigações. Muitas dúvidas pairam sobre o acidente e a realização da corrida. Cabe ao delegado acelerar uma resposta a sociedade, que precisa e quer saber. Nos dois casos, o governo demonstra lentidão e falta de estrutura para dar aos cidadãos as respostas necessárias.

Previsão do tempo

Ronaldo Coutinho

Ouvir

Sua reportagem

Tem uma reportagem? Uma notícia de última hora? Envie para a Rádio Araranguá.

Envie sua reportagem

Colunistas

Repórter 1290

Por Lucas Casagrande

Acessar

Policial

Por Karin Mariana

Acessar

Esportiva

Por Jairo Silva

Acessar

Política / Geral

Por Saulo Machado

Acessar