Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

 

A rádio

A Rádio

A Rádio Araranguá AM 1290 é o veículo de comunicação de maior credibilidade da região.

 

Em atividade desde janeiro de 1949 é testemunha dos principais fatos que fazem o cotidiano do Vale do Araranguá e Sul Catarinense.

 

Integrante da Rede Bandeirantes de Rádio – BandSat, nossa programação jornalística é desenvolvida por uma equipe profissional experiente com reconhecimento público comprovado.

 

Ser porta-voz dos clamores e anseios populares. Esse é o segredo da Rádio Araranguá AM 1290, líder absoluta de audiência em toda a região.

 

"Uma rádio companheira onde a informação está sempre em primeiro lugar"

 

A História

 

Em 9 de janeiro de 1949, às dez horas, era colocada no ar, em caráter definitivo, devidamente legalizada, operando na faixa de 1.550 quilociclos e com o prefixo ZYT-3, ondas médias, a RÁDIO ARARANGUÁ.

 

Seu objetivo inicial era, através da rádio-difusão, prestação de serviços comunitários de uma forma geral, com abrangência em todo o Vale.

 

Nos meses que antecederam sua inauguração, inúmeras providências foram tomadas, tais como: instalação do estúdio, que foi localizado na Avenida Sete de Setembro, em duas salas da frente da residência do Sr. Doca Maciel, cujo prédio até hoje existe; construção do mastro radiante (torre de transmissão) e do transmissor fornecido pela Sociedade Técnica Paulista (STP), localizados em terreno onde até então terminava a Avenida Engenheiro Mesquita, na junção com a Sete de Setembro.

 

A instalação da torre e do transmissor foi supervisionada por um técnico da STP, com a colaboração do Sr. Hermes Mendonça.

 

Fazia parte da aparelhagem, além da mesa de som instalada no estúdio, uma maleta para transmissões externas, que na época se constituía em novidade, em face de precariedade dos meios de comunicação. Com tal apetrecho foi possível, nos primórdios da emissora, transmitir-se futebol, entrevistas fora do estúdio, como foi feito com o então Ministro da Agricultura, Daniel Carvalho, dentro de um vagão da Estrada de Ferro D. Tereza Cristina, em Barranca.

 

A emissora, no início de seus trabalhos, por vários anos, transmitia recados dos mais diversos, dedicatórias musicais, notas de aniversários e falecimentos, aumentando gradualmente seu envolvimento com o público ouvinte, inclusive nos assuntos que diziam respeito ao Vale do Araranguá.

Chegou a manter, em seu primeiro ano de atividade, programa de auditório, tendo como local o então Cine Roxy.

 

Marcaram época na história da emissora, programas tais com a “Hora do Recado”, André Martins e a Saudade, apresentação de Violeiros e Cantadores, Transmissão de Futebol, Novela em Capítulos, escrita por Osmar Cook, denominada “Renúncia”, com a participação de elenco local, do qual fez parte Waldemar Pacheco, o primeiro locutor da emissora e de Olga Maria Abe, ambos solteiros, que na vida real acabaram se casando, tal como na novela.

 

É bom lembrar que a emissora, nos seus primórdios e por alguns anos, teve a participação de locutores como Astí Pereira, Bernardino Pacheco, Humberto Mendonça, Osmar Nunes, Aristides Ostetto, César Machado, Aderbal Machado, Antônio Rosa, Enio Ouriques, João Batista Gonçalves (Sarará), Arnaldo Bittencourt e tantos outros.

 

Na parte técnica, quer operando na mesa de som, quer nos transmissores, participaram ativamente Laurides Oliveira, Walter Oliveira, Sai e Vivaldi Galdino.

 

Na apresentação de música sertaneja e gauchesca, destaque para Manoel Silvano de Souza (Gula) e Tidão.

 

Desde o início de suas transmissões, a emissora apresentava “Jornal Falado”, onde era inserido comentário diário, principalmente de caráter político, o que redundou na quebra do transmissor, onde duas válvulas 807 foram quebradas e o Auto-falante instalado na Praça Hercílio Luz jogado no rio.

 

Na década de 80 a emissora ainda pertencente à RCE – Rede de Comunicações Eldorado comandada pelo Grupo Empresarial Diomício Freitas de Criciúma, viveu um momento diferenciado com a chegada de muitos profissionais de outras cidades, principalmente oriundos do vizinho estado do Rio Grande do Sul.

 

Nesta leva passaram pela Rádio Araranguá AM, profissionais como Mário Matoso Braga – Gerente durante três anos, Vitor Prante, Gilson Kurtz, Enio Ribeiro, este último considerado uma das vozes mais bonitas do Rádio, tanto que seu destino daqui foi direto trabalhar na Rádio Nacional em Brasília.

 

Araranguaenses de talento também passaram pelos microfones da Rádio Araranguá como Ênio Quirino de Souza, Vilmar Silva, Mário Silva este durante muito tempo supervisor da Guarujá de Florianópolis.

 

Naquele período da década de 80 também chegaram à cidade outros profissionais que ainda continuam atuando na emissora ou tiveram passagem nela.

 

Quando Mário Braga assumiu a gerência da emissora implantou a “Escola Gaúcha de Rádio” que nada mais é do que se faz em boa parte das emissoras do País.

 

Criou equipe de esportes, dinamizou o departamento de jornalismo, promoveu as transmissões externas e colocou a unidade móvel na rua com reportagens comunitárias em toda a programação.

 

Essa nova metodologia de trabalho deu um novo impulso a emissora que durante bom tempo foi rebatizada de SUPER RÁDIO ARARANGUÁ.

Após saída de Braga da gerência, com breves substitutos, assume a gerência o Sr. Edson Leônidas Mattos Palmas por um período de 17 anos.

 

Neste espaço de tempo a emissora trocou de proprietários passando a pertencer ao Sr. Evaldo Bussolo Stopassoli que dinamizou, reinvestiu e profissionalizou seus quadros.

Junto à emissora AM, passa a operar também um canal de radiodifusão em FM. Na época como Rádio Araranguá FM, depois como afiliada da Líder FM e atualmente franqueada da Rede Transamérica de Comunicações. Ambas as emissoras pertencem ao Sr. Evaldo Stopassoli e sua esposa Zenóbia De Pelegrin Stopassoli.

 

As emissoras Araranguá AM e Transamérica FM são líderes absolutas de audiência em Araranguá e despontam com suas programações perante as demais em todo o sul do estado de SC e litoral norte Gaúcho.

 

Promoções com seus ouvintes, programas interativos, jornalismo atuante e identificado com os anseios da população regional são as principais ferramentas da programação e a conseqüente procura de anunciantes para veicularem suas mensagens nestas emissoras.

 

É um modelo de sucesso que serve de exemplo para inúmeras emissoras de todo o País que aqui buscam mais informações para suas atividades nas cidades de origem.

 

Previsão do tempo

Ronaldo Coutinho

Ouvir

Sua reportagem

Tem uma reportagem? Uma notícia de última hora? Envie para a Rádio Araranguá.

Envie sua reportagem

Colunistas

Repórter 1290

Por Lucas Casagrande

Acessar

Policial

Por Karin Mariana

Acessar

Esportiva

Por Jairo Silva

Acessar

Política / Geral

Por Saulo Machado

Acessar