Deputado comenta reunião que debateu projeto de inserção de veículos elétricos em frotas públicas

Deputado comenta reunião  que debateu projeto de inserção de veículos elétricos em frotas públicas
Ouvir notícia
Download

Reunião conjunta das comissões de Turismo e Meio Ambiente e de Economia, Ciência, Tecnologia , Minas e Energia, nesta terça-feira (19) debateu com professores e pesquisadores do Instituto Federal de Santa Catarina (IFSC) o Projeto Converte, que busca a inserção de veículos elétricos em frotas públicas por meio da conversão de veículos a combustão. A  Assembleia Legislativa deverá ser parceira da instituição no projeto através de convênio para implantação de um eletroposto no Legislativo para um veículo que será disponibilizado para testes.

O projeto foi aprovado na Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica), com apoio da Celesc e EMBRAPII-IFSC, e tem como metas principais o desenvolvimento de um kit de conversão de veículos a combustão para elétricos (powertrain e bateria), além de um novo Câmbio CTT; fortalecer os cursos de automobilística e Eletrotécnica do IFSC; equipar o laboratório de Mobilidade Elétrica do IFSC (co-working) e propiciar à comunidade empresarial (montadoras, concessionárias e oficinas) a formação de mão-de-obra qualificada através de cursos técnicos específicos para área que serão oferecidos pelo IFSC.

Entre as demandas apresentadas pelo projeto, foram pontuadas como principais as de  fomentar parcerias entre os poderes públicos (Executivo, Legislativo e Judiciário), concessionárias de energia elétrica e as entidades de pesquisa como o IFSC, visando à disseminação e a popularização da mobilidade elétrica no Estado e no país e a criação de uma legislação apropriada para atender a conversão de veículos a combustão para tração elétrica dentro das normas internacionais.

"Os veículos elétricos já estão se tornando uma realidade em todo o mundo e são uma grande alternativa de sustentabilidade para o equilíbrio ambiental que a sociedade está exigindo para o presente e o futuro. Por isso, é importante debater e avançar neste sentido, principalmente por parte das instituições públicas que devem dar o exemplo para o estímulo a novas pesquisas e investimentos em parceria com a iniciativa privada , analisa o presidente da Comissão de Turismo e Meio Ambiente da Alesc, deputado Ivan Naatz (PL).