Geral 195º AGO: primeira noite reforça a importância do empreendedorismo

195º AGO: primeira noite reforça a importância do empreendedorismo

02/02/2024 - 08h44

Iniciou na noite dessa quinta-feira, 01, a 195º Assembleia Geral Ordinária do Cejesc. Realizada no Scaini Palace Hotel, em Balneário Arroio do Silva, o evento reúne jovens empresários do estado inteiro. Na primeira noite, o Insight Talks trouxe a experiência de empresários de sucesso, que interagiram com o público. Já na sexta-feira, 02, a programação continua com visitas técnicas a empresas de Araranguá.

Durante a abertura do evento, o presidente da Aciva, Édio Kunhasky Júnior, lembrou que em 2015 Araranguá já havia sediado a AGO. “Essa é a nossa segunda AGO. O nosso objetivo hoje é receber a todos bem. É um evento organizado com muito carinho e dedicação de todo o pessoal, que vai resultar em uma boa experiência”, disse o presidente.

Já a coordenadora do Núcleo Jovem Empreendedor da Aciva, Diana Maciel, falou sobre as conexões geradas durante o evento. “A gente recebe empresários de todo o estado então são conexões e aprendizados. A gente também quer proporcionar uma boa experiência a todos que participam do evento”, falou.

Insight Talks

Para a abertura do evento, foi organizado o Insight Talks, uma espécie de bate papo com os empresários Gerson Sangaletti, Thiele Biff e Jonatas Pavei. A conversa que foi mediada pela nucleada Mai Pavei, foi recheada de dicas e orientações dos três empreendedores que já alcançaram sucesso em seus negócios. Durante o evento, eles reforçaram a necessidade das vendas para a manutenção dos negócios. “Todo CNPJ só vive se emitir nota fiscal”, orientou Sangaletti.

Após as falas, o público teve a oportunidade de realizar perguntas, tirar dúvidas e interagir com os palestrantes.

Segundo dia terá visitas técnicas

Já na sexta-feira, 02, os mais de 150 participantes farão visitas técnicas a empresas de Araranguá. Serão visitas as empresas Instituto Mix, Kalline, Prodapys, Contempla, Pagé e Arroz Predileto. “Nós selecionamos seis empresas e a ideia é descobrir como elas desenvolvem os seus negócios. São empresas consolidadas, que tem mercado, que tem história e eu acho que o pessoal vai aprender bastante coisa”, concluiu Diana Maciel.