Segurança Acontece nessa quarta-feira o júri popular do caso “Karoline de Souza e Gabriela Rocha”, que foram assassinadas e tiveram seus corpos jogados no rio Araranguá

Acontece nessa quarta-feira o júri popular do caso “Karoline de Souza e Gabriela Rocha”, que foram assassinadas e tiveram seus corpos jogados no rio Araranguá

29/11/2023 - 10h52

Nesta quarta-feira, 29, no fórum da comarca de Araranguá, acontece o júri popular referente ao assassinato das jovens Karoline de Souza, de 24 anos, e Gabriela Rocha, de 21 anos. O crime ocorreu em janeiro deste ano, quando as vítimas foram sequestradas, assassinadas e posteriormente jogadas no rio Araranguá.

O principal suspeito, que foi detido uma semana após a descoberta dos corpos das vítimas, encontra-se no centro das atenções do tribunal. No entanto, é importante ressaltar que o suspeito conseguiu escapar do Presídio Regional de Araranguá, permanecendo foragido até o momento.

Investigação, prisão e fuga

As investigações iniciaram-se logo após a descoberta dos corpos no rio Araranguá. As autoridades rapidamente identificaram o suspeito, que foi detido uma semana depois do crime. No entanto, a reviravolta ocorreu quando o mesmo conseguiu evadir-se do Presídio Regional de Araranguá, gerando uma intensa busca que continua em curso.

Audiência e expectativas

Durante o julgamento, espera-se que sejam apresentadas as evidências coletadas durante a investigação, depoimentos de testemunhas e argumentos da acusação e defesa. O veredito final dependerá da análise dos jurados.