Economia Adams Luiz Abatti: conheça um pouco de sua trajetória até chegar ao empreendedorismo

Adams Luiz Abatti: conheça um pouco de sua trajetória até chegar ao empreendedorismo

26/04/2024 - 09h15

No programa 95.5 Entrevista da Rádio Araranguá, o convidado especial foi Adams Luiz Abatti, um comerciante conhecido na região, que compartilhou sua jornada de vida, marcada por desafios, superações e empreendedorismo.

Nascido em 14 de agosto de 1979, Adams é um homem multifacetado. Filho de Thomaz Luiz Abatti, ex-bancário e maestro, e Azárias Virginia Neto Abatti, professora, ele cresceu em um ambiente que valorizava a educação e a música. Seu irmão, Leônidas, mora nos EUA, onde construiu sua vida com sua esposa, Monica, e seu sobrinho Zion. “Minha infância foi muito boa. Estudava no colégio Castro Alves e tinha meus amigos. Como meus pais tinham uma certa condição, pude usufruir de uma boa juventude”, destacou.

A vida de Adams foi repleta de reviravoltas desde cedo. Após a trágica perda de sua tia Alzira para o câncer, Adams assumiu a responsabilidade de cuidar de seu primo Ramon, tornando-se uma figura paterna para ele. Sua jornada educacional o levou a Florianópolis, onde buscou ingressar na Universidade, porém, acabou encontrando seu caminho no empreendedorismo.

Com um espírito empreendedor, Adams se envolveu em diversos empreendimento desde cedo. Ele compartilhou sobre sua experiência vendendo latinhas de cerveja nas praias de Florianópolis, onde ele e um amigo estabeleceram um lucrativo negócio de vendas. Posteriormente, sua jornada acadêmica o levou a cursar Biologia, Engenharia Ambiental e Tecnologia em Gestão de Pessoas na UNESC, enquanto também se destacava como atleta de futsal.

“Como eu queria ter minhas coisas e fui para Florianópolis estudar, observava que os outros estudantes tinham a moto, o carro, condições, enfim. Foi aí que decidi gerar renda na capital. Peguei um isopor e fui para a praia vender latinha. Tranquei o curso e foquei nas vendas. Foi um período que ganhei muito dinheiro, até que meu pai descobriu e tive que desfazer meus negócios”, relembrou.

A vida profissional de Adams o levou por diversos caminhos, desde o setor de cadastro na universidade até o futsal universitário, e posteriormente para o mundo corporativo, onde trabalhou na TAM Linhas Aéreas. Ele compartilhou sobre o trágico acidente aéreo de 2007, que afetou profundamente a comunidade da TAM Cargo, mas também destacou as muitas histórias positivas que compartilhou com seus colegas de trabalho.

“Na época, fui para a TAM e foi uma grande experiência vivida. Aprendemos muitas coisas do setor. Me recordo de uma história muito inusitada. Um casal muito conhecido havia levado um cachorro dentro do recipiente no avião. O animal foi junto ao depósito de cargas, até aí tudo normal. Quando o avião pousou e os profissionais foram retirar as cargas, perceberam que o animal estava morto. Com isso, para tentar contornar a situação, retiraram o animal e foram em uma agropecuária comprar outro igual, para que o casal não descobrisse e assim fizeram. Quando a mulher pegou o recipiente onde estava o animal (novo) e o bichinho latiu, ela deu um grito que todos ouviram. A senhora disse que havia levado um animal morto para enterrar e não entendia como o mesmo, estava vivo. Olha, foi um problemão enorme. Foi uma das maiores indenização de carga da história de Criciúma”, relatou.

A decisão de Adams de se estabelecer em Araranguá marcou o início de uma nova fase em sua vida. Ele encontrou sucesso como vendedor na Magazine Luiza, onde rapidamente se destacou como um dos melhores vendedores da filial. Sua transição para a venda de carros o levou a novos desafios, mas também a grandes conquistas. Ele se tornou conhecido na região por seu excepcional atendimento a pessoas com deficiência física, destacando-se como o melhor vendedor de veículos PCD da região Sul de Santa Catarina.

“Devido à distância da minha família, retornei a Araranguá e consegui um emprego na Magazine Luiza. Até que um dia atendi um cliente e depois de muita negociação, vendi uma televisão. No outro dia, o mesmo cliente volta à loja e me convida para trabalhar com vendas de carros. Foi uma transição difícil, nos primeiros meses quase desisti. Porém, a partir do quarto mês, as coisas começaram a melhorar de uma forma que nunca havia ganhando tanto dinheiro como na época. Nesse período nossa condição mudou totalmente. Alcançamos conquistas inimagináveis. Até que um surgiu a oportunidade de abrir nossa loja de carros. A VC Virtual Cars foi nosso empreendimento, que vem dando muito certo”, acrescentou.

Atualmente, além de suas atividades comerciais, Adams está cursando a 9ª fase de Direito na UNISUL, demonstrando seu compromisso com o aprendizado contínuo e seu desejo de se envolver em áreas além do comércio.

A história de Adams Luiz Abatti é uma inspiração para todos aqueles que enfrentam desafios em suas vidas. Sua determinação, resiliência e espírito empreendedor o levaram a superar obstáculos e construir um legado de sucesso e impacto positivo em sua comunidade.

Confira a entrevista completa: