Segurança Adolescente é executado a tiros no interior de residência na favela do bairro Divinéia

Adolescente é executado a tiros no interior de residência na favela do bairro Divinéia

02/01/2024 - 07h41

O registro do primeiro homicídio do ano em Araranguá mobilizou guarnições da polícia militar, da polícia cientifica e o IML, o Instituto Médico Legal. Conforme as informações da polícia militar o crime ocorreu por volta de 23h50min, no interior de uma residência localizada na Vila Esperança, a conhecida favela do bairro Divinéia.

Uma guarnição foi acionada e se dirigiu para o local do crime, depois que foi informada que um homem teria sido alvejado a tiros dentro de casa. Ao entrar na residência, percebeu que a porta da frente havia sido arrombada, e encontrou o corpo de um adolescente de 17 anos, deitado na cama em dos quartos da casa já em óbito.

No local, os policiais militares ouviram as testemunhas, a madrasta da vítima, e sua filha menor de idade, que relataram que estavam deitadas no outro cômodo da residência, quando ouviram um barulho na porta, e na sequência vários disparos de arma de fogo. Ao verificar o que havia ocorrido, viram três homens saindo correndo de dentro para fora da residência.

A vítima apresentava várias perfurações nos braços, tórax, pescoço e cabeça. Imediatamente a polícia militar isolou a área do crime, e acionou a policia civil, e técnicos da polícia científica, e do Instituto Médico Legal, para atender a ocorrência. A polícia civil vai investigar a autoria, e o que motivou o crime.