Geral Balneário Morro dos Conventos, em Araranguá, supera desafio ambiental e retorna à qualidade para banho

Balneário Morro dos Conventos, em Araranguá, supera desafio ambiental e retorna à qualidade para banho

15/01/2024 - 09h08

Recentemente, a administração municipal de Araranguá enfrentou um desafio ambiental, quando o Instituto do Meio Ambiente de Santa Catarina (IMA) notificou que a água no Balneário Morro dos Conventos estava imprópria para banho. A resposta foi ágil, com a Fundação Ambiental de Araranguá (Fama), entrando em ação para realizar os necessários trabalhos de limpeza.

O superintendente da Fama, Maureci Rodrigues, apontou o canal aberto para escoar o alto volume de água durante as fortes chuvas como o principal causador do acúmulo de sujeira no balneário. “O entendimento que tivemos a respeito disso foi que as enxurradas trouxeram a sujeira. Além disso, realizamos a abertura do canal para escoamento da água no período das enchentes. Com isso, o canal trouxe muito lixo para o balneário”, explicou Rodrigues.

O procedimento do IMA para reverter o quadro de qualidade imprópria também foi questionado. Segundo Maureci, o instituto precisa realizar cinco análises após classificar a água como imprópria, mesmo que na próxima coleta a água apresente qualidade suficiente. Essa demora pode resultar em prejuízos para o turismo local, já que a classificação como impróprio permanece, mesmo que a água esteja em condições adequadas.

“Não acho certo o formato de análises do IMA, porque cinco coletas totalizam mais de um mês. Com isso, vamos contabilizando prejuízos com turistas, visto que fica a taxação como inapropriado, mesmo estando apropriado. Temos que rever isso com o IMA, porque a partir do momento que registrar como próprio, já deveria colocar a plaquinha como próprio para banho. Esse é um critério que, no meu ponto de vista, precisa mudar, porque quando o resultado é impróprio, imediatamente eles colocam a placa como inapropriado”, destacou o superintendente da Fama.

Felizmente, os esforços de limpeza e a qualidade da água no último relatório do IMA indicam que o Balneário Morro dos Conventos está novamente apto para banho. “Temos um balneário que, comparando com Balneário Arroio do Silva, é inferior à rotatividade de pessoas. Além disso, nossa fiscalização aponta que não existe nenhum ponto que é jogado algum tipo de esgoto, ou dejetos, na nossa Orla”, afirmou Rodrigues.

A comunidade local e os turistas agora podem desfrutar novamente das belezas do balneário Morro dos Conventos, após os esforços conjuntos da Fama e a recuperação da qualidade da água. No entanto, a discussão sobre os procedimentos de análise do IMA destaca a importância de uma revisão para agilizar processos e evitar prejuízos desnecessários para a economia local.