Segurança Casos de Covid-19 aumentam em Araranguá, atendimentos na UPA duplicam nesta semana

Casos de Covid-19 aumentam em Araranguá, atendimentos na UPA duplicam nesta semana

28/02/2024 - 16h42

A Unidade de Pronto Atendimento – UPA, de Araranguá registrou na segunda e terça-feira, 26 e 27 de fevereiro, 827 atendimentos, o que equivale ao dobro da média. A coordenadora de enfermagem da UPA, Bruna Figueiredo de Castro, destaca que muitos pacientes com sintomas gripais estão positivando para Covid-19.  “A maioria dos atendimentos é para pessoas com problemas no sistema respiratório. Na segunda-feira foram 70 testes realizados e 34 deram positivos para covid, na terça foram 98 testes e 33 positivos. Em dezembro tínhamos uma média de dois, três casos por dia. E nesta quarta-feira a UPA segue com bastante movimento de pacientes com sintomas gripais”.

A coordenadora relata que os pacientes não chegam com sinais graves, somente com dores de cabeça, garganta e corpo. Para agilizar o trabalho, foi destinado mais um médico para atender a demanda.

Segundo o Ministério da Saúde o Brasil registrou mais de 45 mil casos de covid entre os dias 11 e 17 de fevereiro e quase 200 pessoas morreram por causa da doença somente este ano.

Dengue

Segundo Bruna a demanda de pacientes procurando a UPA com sinais de dengue também está acentuada. “Em Araranguá são 37 casos notificados, 23 casos negativos, cinco positivos e nove casos esperando resultado. Só na segunda-feira foram realizadas 13 coletas. Todos casos importados”, relata a coordenadora, que também ressalta que os testes de covid e dengue são realizados somente na UPA, e que o resultado do teste da dengue leva aproximadamente cinco dias para sair.

Para monitorar os casos de dengue em Santa Catarina, o Governo do Estado criou o Painel para Monitoramento de Casos de Dengue e Chikungunya. Na nova ferramenta é possível consultar as principais informações sobre as doenças no estado, como número de casos prováveis, óbitos, faixa etária dos casos, número de casos por município, além de acompanhar o mapeamento dos focos do mosquito Aedes aegypti pelo estado.

Para ter acesso aos dados basta acessar o link.