Jairo Silva
Esportiva

Tigre estréia amanhã na Copa São Paulo de Juniores.

Tigre estréia amanhã na Copa São Paulo de Juniores.

A equipe Sub-20 do Criciúma viajou no início da tarde desta terça-feira (01/01) para a disputa a Copa São Paulo de Futebol Júnior. Serão quase 1.100 km até São Carlos, na região centro-leste de São Paulo, cidade sede dos carvoeiros e que também será o adversário da estreia na competição. A partida está marcada para quinta-feira (03/01), às 17h45min.

A delegação chegou por volta de 8 horas da manhã, desta quarta-feira, em São Carlos, e após o café da manhã, o grupo de jogadores fará um treino em preparação para estréia, afirma o técnico Lalo, que comanda a equipe em sua terceira Copa São Paulo.

Na disputa de 2018, o Tigre acabou eliminado na terceira fase para Athletico Paranaense. Porém, este ano entra na competição mais forte após ter sido finalista do Catarinense Sub-17 e campeão da Copa Sul-Brasileira Sub-19.

“Sabemos que a chave é difícil, assim como a competição, mas a expectativa é de uma grande campanha. Nos preparamos durante o ano para este campeonato e pretendemos representar bem o clube”, acrescenta o coordenador das categorias de base do Criciúma, Serginho Lopes. O Criciúma está no grupo 10 da competição, que conta também com América Mineiro e Atlântico-BA.
.
Hercílio Luz perde jogo treino.

O Hercílio Luz enfrentou o Novo Hamburgo no primeiro jogo-treino da temporada. O time catarinense visitou o clube gaúcho treinado pelo ex-jogador Bolivar e acabou sendo derrotado no Estádio do Vale pelo placar de 2 a 0. No próximo sábado, dia 5, o Hercílio recebe em casa o time do Vale dos Sinos, no estádio Aníbal Costa.

O técnico China Balbino montou o time com base no elenco que disputou a Copa Santa Catarina e viu o enfrentamento com bons olhos, já que o adversário é uma das forças do campeonato gaúcho para 2019.. Os gols da equipe do Novo Hamburgo aconteceram no segundo tempo, através de Osvaldir e Bustamante.
.
Cruzeiro rescinde contrato do lateral Ezequiel.

O Cruzeiro comunicou, em seu site oficial, nessa segunda-feira, a rescisão de contrato do lateral-direito Ezequiel. O jogador está livre para assinar com uma nova equipe. A agremiação mineira confirmou que o atleta chega a Belo Horizonte nesta quarta-feira, para confirmar o encerramento amigável do vínculo que iria até a metade de 2019.

Ezequiel, que tinha vínculo com o Clube até julho de 2019, deixa a equipe celeste após participar por mais de duas temporadas e contribuir com o time na obtenção de importantes conquistas”, postou a equipe em seu site.

Ezequiel conquistou duas Copas dos Brasil (2017 e 2018), além do Campeonato Mineiro de 2018. Fez 73 jogos no total. Vale ressaltar que o Cruzeiro ainda não concluiu o pagamento de Ezequiel junto ao Criciúma. O time mineiro parcelou a contratação em 24 prestações, mas só pagou 12. Por isso, a diretoria catarinense entrou na justiça para recuperar o valor.
.
Mudanças no grid da Fórmula 1.

A FIA (Federação Internacional de Automobilismo) fez uma alteração na regra das punições no grid da Fórmula 1. O sistema é considerado muito confuso tanto por fãs quanto por pilotos, e as mudanças, que já entrarão em vigor na temporada 2019, têm como objetivo simplificar um pouco o entendimento.

A mudança envolverá os pilotos que perderem, no mínimo, 15 posições no grid. Antes, quando muitos competidores sofriam punições iguais ao mesmo tempo, ficava complicado saber qual deles largaria à frente. Com a nova regra, portanto, o piloto melhor colocado no treino classificatório é aquele que sairá à frente dos outros que também foram punidos.

Até a temporada de 2018, a confusa aplicação das punições era definida de acordo com a ordem de saída dos carros do pit-lane na primeira sessão de treinos livres de um GP. Assim, era comum observar casos como o do primeiro treino livre para o GP da Rússia, neste ano, quando, cientes que sofreriam punições por conta de troca de componentes do motor, vários carros saíram do pit-lane muito antes do início da sessão.
.
Palmeiras ainda não renovou contrato com a Crefisa.

O Palmeiras iniciou 2019 sem o patrocínio oficial da Crefisa. O contrato com a empresa se encerrou no dia 31 de dezembro. Não há porém, motivos para que os palestrinos se preocupem com o final da parceria.

No acordo assinado no início de 2017, assim como no anterior, clube e empresa preveem um prazo de 30 dias em que o vínculo permanece válido, justamente prevendo a possibilidade de as duas partes ainda estarem negociando um novo contrato neste período – o que de fato acontece. As negociações foram ‘atrasadas’ pelo interesse da Blackstar International Limited em patrocinar o Alviverde.

Aliado político de Leila Pereira, dona da Crefisa e conselheira do Palmeiras, o presidente Maurício Galiotte agradeceu a postura da empresária enquanto o clube analisava o interesse da Blackstar. A empresa de Hong Kong, apresentada pelo opositor Genaro Marino, prometeu um investimento de R$ 1 bilhão em dez anos, mas foi descartada pelo atual presidente por conta de fraudes na documentação.

A Crefisa está no Palmeiras desde 2015. De lá para cá, a equipe conquistou a Copa do Brasil 2015 e os campeonatos brasileiros de 2016 e 2018, além de ter ficado com o vice nacional em 2017.
No primeiro ano, a empresa de Leila Pereira pagou R$ 66 milhões anuais. O valor foi sendo aumentado gradativamente até chegar aos R$ 78 milhões/ano desembolsados no ano passado. Para esta temporada, o número deve superar os R$ 80 milhões – excluso o valor referente a bônus em caso de títulos (em 2018, R$ 10 mi pelo Campeonato Brasileiro).

O Palmeiras já acertou as contratações do volante Matheus Fernandes (Botafogo), do meia Zé Rafael (Bahia), dos atacantes Carlos Eduardo (Pyramids FC-EGI) e Felipe Pires (Hoffenheim), e do centroavante Arthur Cabral (Ceará). Nenhum destes foi bancado pela patrocinadora.

A negociação em andamento entre Verdão e Crefisa não prevê investimentos diretos da parceira na compra de reforços. No início de 2018, a Receita Federal aplicou uma multa de R$ 30 milhões à empresa por entender que os valores gastos para adquirir jogadores não eram “despesas”, mas sim “empréstimos”. Assim, o clube precisa devolver o dinheiro gasto independentemente de os atletas serem vendidos ou não. O lucro, se houver, fica com o Alviverde.
.
Figueirense contrata o goleiro Mateus Vidotto.

O goleiro Matheus Vidotto, de 25 anos, é o quinto reforço do Figueirense para a temporada 2019. O atleta, que defendia o Corinthians-SP, assina contrato com o Furacão até o final do próximo ano.

Revelado nas categorias de base da equipe paulista, Matheus estreou nos profissionais em 2016 e fez parte do elenco que foi campeão brasileiro em 2017. Esteve na seleção brasileira sub-20 na disputa do Sul Americano da categoria, em 2013. O Figueirense será o segundo clube do atleta.

Matheus se apresenta no dia 2 de janeiro, juntamente com o restante do elenco, para o início da pré-temporada. O primeiro compromisso do Alvinegro está marcado para o dia 17 de janeiro, quando enfrenta, fora de casa, o Criciúma, a partir das 20h30, pela primeira rodada do Campeonato Catarinense.
.
Avaí também contrata goleiro.

O goleiro Lucas Frigeri, 29 anos, paulista de Catanduva, 1,94m, é o novo reforço do Avaí para a temporada 2019. O atleta defendeu o CSA nesta temporada, onde jogou 18 partidas e foi um dos destaques na conquista do vice-campeonato, com o acesso à Série A, divisão que vai jogar agora, defendendo o Leão da Ilha. A informação foi confirmada pelo diretor de futebol Joceli dos Santos, depois de conversa com o presidente em exercício Amaro Lúcio da Silva.

Além de Lucas Frigeri, que se apresenta no próximo dia 2 de janeiro para iniciar a pré-temporada com os demais atletas da equipe, o Avaí já anunciou Gegê, ex-Botafogo, como reforço para 2019. A diretoria renovou contrato com os atletas Betão, Matheus Barbosa, Getúlio, Iuri, Daniel Amorim, Igor e Marquinhos Silva. E contará com outros atletas cujo contrato ainda estão em vigência.

Lucas Frigeri passou por clubes como Catanduvense, Inter de Limeira, Luverdense, Rio Claro, São Caetano e Atlético-GO. O CSA foi seu último clube, onde disputou 18 partidas na conquista do acesso à Série A. O atleta vem por empréstimo de um ano do São Caetano, clube ao qual estava vinculado. Vai atuar no Catarinense, Copa do Brasil e Brasileirão Série A. Terá ao seu lado para o gol dois atletas oriundos da base avaiana, Léo Lopes e Cláudio Vitor.
.
Zagueiro Gum deixa o Fluminense.

O Fluminense anunciou, de forma oficial, que o zagueiro Gum não vai permanecer nas Laranjeiras na próxima temporada. Segundo a nota emitida pelo clube, não houve um acerto para a renovação de seu contrato. Gum estava há oito anos no Fluminense e participou das conquistas do Campeonato Brasileiro de 2010 e 2012. Entre altos e baixos, o defensor foi um dos destaques da equipe nesta temporada, principalmente sob o comando do técnico Abel Braga.

Antes do fim do Campeonato Brasileiro deste ano, Gum admitiu que aceitaria diminuir seu salário para permanecer no Fluminense. A diretoria agiu rápido e está perto de anunciar seu substituto: Matheus Ferraz. Livre no mercado, Gum já tem clube de olho no zagueiro. O CSA-AL, que acabou de garantir o acesso a Série A, confirmou que fez uma proposta e aguarda a resposta do jogador.

Gum é o oitavo jogador que mais atuou pelo Fluminense, com 414 jogos ao longo de mais de nove anos. Neste período, o capitão fez história sendo um dos grandes representantes do Time de Guerreiros. Com a camisa Tricolor, conquistou dois títulos Brasileiros (2010 e 2012), a Primeira Liga (2016), um Campeonato Estadual (2012), duas Taças Guanabara (2012 e 2017) e uma Taça Rio (2018).


 

Colunistas

Repórter 95.5

Lucas Casagrande

Esportiva

Jairo Silva

Política / Geral

Saulo Machado