Geral Conheça a história de solidariedade do Homem de Ferro que escolheu o Arroio para morar

Conheça a história de solidariedade do Homem de Ferro que escolheu o Arroio para morar

12/01/2024 - 14h28

Com o intuito de ajudar o próximo, o paulista Chiquinho, mais conhecido como o Homem de Ferro, vem dedicando sua vida ao social. Com isso, seu novo destino é Balneário Arroio do Silva, onde reside atualmente. O artista trabalhou com ações sociais em São Paulo, onde foi secretário de Saúde em Carapicuíba. Na pasta, desenvolveu ações que beneficiaram inúmeras crianças. Ao todo, o Homem de Ferro já atendeu mais de 50 mil crianças em todo o país. 

Em entrevista à Rádio Araranguá, no programa Dia a Dia, apresentado por Saulo Machado, Chiquinho, o Homem de Ferro, contou mais sobre sua história. “Nasci em Bragança Paulista, interior de São Paulo e como meu pai era militar, o desejo de integrar a academia de polícia aconteceu naturalmente. Com o passar do tempo, passei a realizar muitas ações com a Polícia Militar e com o Proerd. Desde muito cedo, desenvolvi o social, em querer ajudar o próximo”, destacou.

Seu início como secretário de Saúde em Carapicuíba, São Paulo, exigiu inúmeras ações sociais, que resultaram no aumento significativo de crianças vacinadas. “Recebi o convite para ingressar na secretaria. Como não sabia muito bem a forma que funcionava, fui aprender. Com isso, iniciei na unidade de saúde, coordenando o pessoal. Elaboramos eventos de cunho social para aumentar o número de crianças vacinadas, que era muito pouco. Fomos de 600 à 4 mil crianças imunizadas. Trabalhamos muito no desenvolvimento da pasta”.

Para o até então secretário de Saúde, o fazer mais sempre foi sua aspiração. Pensando em seu super-herói favorito, veio a ideia de unir o útil ao agradável. “Em um belo dia assisti o Homem de Ferro em um programa de TV. Gostei da armadura, aquilo me cativou. Com isso, enviei um e-mail para o programa da Ana Maria Braga, contando minha história e como gostaria de usar a armadura, no trabalho que desenvolvemos da Saúde, com as crianças. Aconteceu toda uma história na unidade de saúde sem eu saber. A partir daí, fui contatado pelo programa e me perguntaram se eu gostaria de ir até lá conhecer. Optei por não ir e fazer uma festa com as crianças. Pedi um salão da igreja e realizei um evento que contou com mais de 2 mil crianças, todas receberam doações de brinquedos”.

A ideia deu tão certo que seu trabalho se expandiu para todo o país. “Já foram mais de 50 mil crianças atendidas pelo Brasil. Sendo que mais de 8 mil foram autistas. Esse trabalho se expandiu por todo o país. Com o passar do tempo, me mudei para Araranguá. Atualmente resíduo em Balneário Arroio do Silva, e desenvolvemos ações sociais que visam sempre ajudar o próximo. O social muda vidas”.

Visando se aprimorar cada vez mais, Chiquinho diz estar adquirindo uma nova armadura do herói e com isso, conta com parcerias para seguir em frente com o trabalho. “Estamos adquirindo a nova armadura, ela custa R$ 25 mil. Muito mais tecnológica e desenvolvida. Estamos pensando em atender toda a região da Associação dos Municípios do Extremo Sul Catarinense (Amesc). Aos empresários que abraçarem a ideia, agradecemos muito, porque a demanda é muito grande. Nossa meta é atender 70 mil pessoas, desde crianças a vovós. Com isso, toda ajuda é bem-vinda, precisamos seguir com esse trabalho que tem ajudado em muito a sociedade”.

Para entrar em contato com o Homem de Ferro, os interessados podem acessar suas redes sociais.