Economia Das telas da Tv para o sucesso na vida empresarial: conheça a trajetória de Douglas Nazário

Das telas da Tv para o sucesso na vida empresarial: conheça a trajetória de Douglas Nazário

03/07/2024 - 09h08

No programa 95.5 Entrevista da Rádio Araranguá, o jornalista e empresário Douglas Nazário compartilhou detalhes de sua trajetória de sucesso, que vai desde a formação em comunicação até seu sucesso no empreendedorismo.

Douglas é graduado em Comunicação Social com bacharelado em Jornalismo pela Unisul, concluído em 2001. Além disso, possui pós-graduação em Comunicação Corporativa e Marketing pela SATC/Fecap São Paulo e um MBA em Gestão Estratégica Corporativa pelo Senac.

“Nasci em Tubarão, onde morei durante 19 anos, até me formar e seguir minha carreira no jornalismo. Entretanto, na minha infância e adolescência, era um menino muito tímido. Venho de uma família de trabalhadores, classe média, não passamos dificuldades na vida, mas sempre com muito trabalho. Com o passar do tempo e próximo a me formar, algo mudou. Passei a buscar uma nova versão do Douglas. Eu que era mais gordinho, passei a cuidar mais do meu físico e ler bastante. Foi quando me formei e ingressei de vez no jornalismo”, destacou.

Carreira no jornalismo

Com uma carreira de 11 anos na RBSTV Santa Catarina, hoje NSC, Douglas atuou como repórter, editor e apresentador. Sua experiência se estendeu também aos Canais Premiere/SporTV, onde trabalhou como repórter e coordenador de transmissões.

“Me lembro que, ainda na universidade, participei do concurso ‘Caras Novas’, da RBSTV, onde fui escolhido dentre tantos outros jovens. Logo que entrei, meu pai disse algo que levarei para toda a vida: ‘Meu filho, você está entrando em uma grande empresa e te peço que sejas um garoto focado e que jamais envergonhe o teu nome, o nome da empresa e o nome da família. Mantenha uma vida de virtudes’. Sempre vou levar esse conselho comigo. Sou muito grato à RBS, porque se estou onde estou, devo muito a eles”.

O início de uma carreira sólida

Entrevista com Yves Goulart e Francisco de Assis Domingos na ...

“Me lembro que quando iniciei na TV, era um menino ainda. Com isso, foram me ajudando, ensinando e orientando até fazer com que eu avançasse para dentro do grupo. Logo que fui contratado, fui enviado a Joinville, local que me aprimorei muito. Nesse lugar, eu era quem fechava o jornal, apresentando e editando. A partir disso, começaram a surgir as oportunidades de fazer o esporte no Sportv e Premiere. Após isso, me mudei para Criciúma, onde o esporte entrou ainda mais na minha vida. Me recordo de transmissões que marcaram minha trajetória, como uma entrevista com um jogador que estava brigado com a imprensa. Foram muitas experiências vivenciadas”, acrescentou.

Empreendedorismo

No mundo do empreendedorismo, Douglas é sócio proprietário da empresa NZBT Comunicação, que fundou junto com sua esposa, a também jornalista Caroline Bortot. A empresa oferece serviços de consultoria, assessoria de imprensa, marketing e organização de eventos.

“Chegou um momento em que decidimos empreender. Foi quando em 2011, nasceu a NZBT, empresa que trabalha com comunicação, desde empresarial até institucional. Logo que saímos da TV, grandes clientes acreditaram na gente e foi algo muito gratificante. Espero levar esse contato com as pessoas para sempre”.

Além de seu trabalho empresarial, Douglas é professor universitário na Ecocria Unesc, onde leciona nas áreas de jornalismo, publicidade e propaganda e comunicação digital. Atualmente, Douglas Nazário ocupa o cargo de Diretor/Secretário de Comunicação do governo de Criciúma, onde aplica sua vasta experiência para gerir a comunicação governamental.

“Ser professor da Unesc, foi algo que me desafiou muito, porque nunca fui professor. A cada semestre conhecemos novos alunos. Levo comigo a bagagem da experiência, mas no processo criativo, esses estudantes nos dão um banho. Atualmente, trabalhamos também na prefeitura de Criciúma. Gerenciar a comunicação do prefeito, foi algo que me impactou, porque hoje, faz 13 anos que estamos juntos. Meu pedido no início, era não me filiar a partido nenhum e não concorrer a cargo público e até hoje, atuamos de uma forma totalmente técnica”, concluiu.