Geral Das tentativas de homicídio aos objetivos alcançados

Das tentativas de homicídio aos objetivos alcançados

05/12/2023 - 22h04

A comunidade do Encruzo do Barro Vermelho, em Maracajá, foi onde ele nasceu e fez o primário, completando o ensino médio no Colégio Murialdo, já no Centro de Araranguá. De sua infância, tem ótimas recordações. “Meu pai era muito diferente dos demais daquela época, ele era muito liberal. Então, eu fazia o que queria da vida”, diz nosso convidado dessa terça-feira, 05, do programa 95.5 Entrevista, Édio Apolinário de Oliveira.

Hoje, ele tem seus 75 anos e é proprietário de uma das mais conceituadas lojas de vestuário do Sul catarinense, a Ramage. Mas antes de chegar a este patamar, Édio passou por verdadeiras provas de vida que moldaram seu caráter e a forma como encarou cada desafio que surgiu pela frente.

Até os 23 anos, ele atuou em ramos diferentes. Teve bar, foi barbeiro, teve armazém e engenho de farinha, mostrando desde cedo que tinha inclinação para o comércio e a prestação de serviços. Chegou em Araranguá 1972 para trabalhar com seu irmão numa camisaria.

Depois disso, em 1976, montou sua primeira confecção: a Dáblio Modas. Foi só em 1983, que iria surgir um nome, uma marca, que iria mudar para sempre a vida desse maracajaense nascido no interior, a Ramage, que também iniciou sua história na terra do gato do mato, e que em 2023 completa 40 anos com milhares de clientes satisfeitos. A filial de Araranguá da loja foi inaugurada em 1986 no Calçadão, na área central da Cidade das Avenidas.

Hoje, as Lojas Ramage geram mais de 100 empregos diretos em Araranguá e Balneário Arroio do Silva, onde possui suas lojas físicas, construindo uma história de conquista no Sul de Santa Catarina através da sua atuação como loja de departamento, vendendo confecções, calçados, enxovais e tecidos.

A Ramage.shop, loja virtual, começou atuar nesse ano de 2023 mantendo a tradição de uma marca consolidada no mercado brasileiro. Através da Ramage.shop são oferecidos produtos de qualidade com preço justo, entrega rápida e garantia de satisfação dos clientes em todas as compras realizadas.

Édio Apolinário de Oliveira também fabricou e alugou mesas de bilhar, uma de suas paixões. Mas a trajetória desse empreendedor não é feita só de bons momentos.

Em 1985, antes de abrir a filial de Araranguá, ele sofreu tentativas de homicídio e por pouco escapou.

Confira a entrevista completa: