Geral De seminarista a músico: conheça um pouco da história de Renato Cardoso, um dos grandes nomes da música da região

De seminarista a músico: conheça um pouco da história de Renato Cardoso, um dos grandes nomes da música da região

01/07/2024 - 09h10

Na última edição do programa 95.5 Entrevista da Rádio Araranguá, apresentado por Gregório, o destaque foi Francisco Renato Cardoso, mais conhecido como Renatinho. O músico de 62 anos compartilhou detalhes de sua trajetória na música e sua vida em Araranguá.

Nascido em Criciúma, Renatinho mudou-se para Araranguá em 1986. Filho de Concílio Adolfo Cardoso e Diva Peruchi Cardoso, recebeu sua educação no seminário do Pinheirinho. Apesar de ter ingressado no seminário por influência dos pais, Renatinho percebeu, após dois anos, que seu caminho seria outro.

“Tive uma infância boa, comparada a infância que as crianças têm hoje. Na época, vivíamos brincando na rua, era uma briga para a mãe levar a gente para casa. Por influência dos meus pais, ingressei no seminário e após dois anos, percebi que não era aquilo que queria. Quando saí do seminário aos 18 anos, realizei o concurso da Celesc e passei. Em 1986 me casei e vim morar em Araranguá”, contou.

Renatinho dedicou 35 anos de sua vida profissional à Celesc, mas foi na música que encontrou sua verdadeira paixão. Desde pequeno, sempre gostou de música e, praticamente autodidata, aperfeiçoou suas habilidades ao longo dos anos. “Sempre gostei de música desde pequeno. A maioria das coisas que aprendi na música, foi por minha conta, praticamente um autodidata. Morei durante cinco anos em Florianópolis, onde pude tocar em muitos locais, até que decidi voltar a Araranguá”, relembrou.

O sucesso do MPB Brasil

Uma das grandes surpresas em sua carreira foi o projeto MPB Brasil. Tudo começou de forma despretensiosa, quando ele e amigos se reuniam para tocar em um bar local aos sábados à noite. “No local, fomos reunindo amigos sem compromisso e começamos a tocar, até que uma pessoa nos convidou para tocar em outras festas”, disse Renatinho.

O grupo teve a oportunidade de se apresentar em diversos eventos, incluindo a festa de aniversário de Primo Menegalli, que Renatinho destaca como um dos grandes momentos de sua trajetória. “Tivemos o privilégio de tocar no aniversário do Primo Menegalli. Foi uma festa incrível”, relembrou.

Presença constante em eventos locais

Hoje, Renatinho continua a embalar festas e eventos, encantando o público com seu talento. Sua história é um exemplo de como a paixão e o compromisso podem transformar vidas e enriquecer a cultura local. “Atualmente estamos sempre tocando em eventos e festas particulares. Parei um pouco com os shows em barzinhos”, concluiu.

Confira a entrevista completa na íntegra: