Política Deputado lança programa inédito para capacitação de candidatos a vereadores e prefeitos

Deputado lança programa inédito para capacitação de candidatos a vereadores e prefeitos

16/01/2024 - 13h20

O deputado estadual Mário Motta (PSD), inicia o segundo ano de mandato com mais uma iniciativa inovadora que, pela primeira vez, é realizada na Assembleia Legislativa de Santa Catarina (Alesc). O Academia Limpe, programa de capacitação para candidatos a vereadores e prefeitos das eleições municipais deste ano. As inscrições são gratuitas e abrem na próxima segunda-feira, 22 de janeiro, pelo site (www.academialimpe.com.br.).

Em entrevista à Rádio Araranguá, no programa Estúdio 95, apresentado por Juliana Oliveira, o deputado deu detalhes de como funcionará o programa. “Nossa intenção visa capacitar os candidatos nas eleições municipais desse ano. Seja esse candidato do partido PSD ou qualquer partido coligado ao nosso, queremos aprimorar o desenvolvimento desses agentes públicos. O cadastro estará disponível de forma gratuitamente”, destacou.

Formulado por especialistas em políticas públicas, fiscalização e campanhas políticas, o processo seletivo será realizado em cinco etapas: análise de currículo, prova de conhecimentos gerais e específicos, redação, aulas com especialistas em diversas áreas e apresentação de trabalho final. Após estas fases, a comissão de avaliadores irá analisar o histórico dos candidatos dentro da Academia Limpe e fará uma seleção para as finais democráticas.

“Será um grande aprendizado para esses agentes públicos. Algo que é necessário para trabalhar na vida pública. Trabalhei durante muitos anos mediando os maiores debates políticos do Estado. Mas ressalto que só quando entrei na Assembleia fui ter noção do que é a vida pública e suas demandas. Queria eu ter um programa desse quando migrei para a política. Aqueles que se classificarem e ingressarem ao programa, estarão capacitados o suficiente a chegar ao pleito”, explicou Mário. 

Se houver mais de um selecionado na mesma cidade, cada candidato deverá realizar uma gincana social para o levantamento de mantimentos para entidades cadastradas. A ação valerá 3% (três por cento) de bonificação para o vencedor da prova. Por fim, será feita votação popular por meio do site (www.academialimpe.com.br.).

Podem participar do processo seletivo candidatos com 18 anos completos até o fim do ano eleitoral, nacionalidade brasileira, pleno exercício dos direitos políticos, ficha limpa e sem antecedentes criminais.