Geral Dia de Campo Dagostin Sementes reúne agricultores de todo o Brasil em Turvo

Dia de Campo Dagostin Sementes reúne agricultores de todo o Brasil em Turvo

22/01/2024 - 08h52

A cidade de Turvo, Extremo Sul de Santa Catarina, será o epicentro do agronegócio brasileiro no próximo dia 26 de janeiro, quando agricultores e entusiastas do setor se reunirão para participar da 8ª edição do Dia de Campo Dagostin Sementes. O evento, que acontecerá na propriedade de Rogério Dagostin, na comunidade de Ponte Alta, promete ser uma jornada intensiva de conhecimento e inovação.

Com foco principal no arroz irrigado, o Dia de Campo expandirá seu escopo para incluir estações dedicadas a outras culturas, como milho e soja. Mais de 20 parceiros de negócios e disseminação de conhecimento estarão presentes, proporcionando um ambiente propício para networking e aprendizado.

A jornada terá início às 7 horas, com um café da manhã, seguido por uma série de estações estrategicamente organizadas nos mais de 20 mil metros quadrados da propriedade. Os participantes terão a oportunidade de interagir com especialistas, explorar exposições de empresas e absorver as últimas novidades em tecnologia agrícola.

Em entrevista exclusiva à Rádio Araranguá, no programa A Força do Campo, apresentado por Alaor Alexandre, o engenheiro agrônomo Filipe Cardoso destacou a importância do evento. Ele ressaltou o compromisso de trazer tecnologia de ponta para os produtores, envolvendo multinacionais, universidades e palestras que enriquecem o conhecimento dos agricultores.

“A 8ª edição tem registrado um aceitamento muito bom. Além de entregar as sementes, queremos trazer cada vez mais tecnologia para os produtores. Trazemos multinacionais, universidades e palestras que agregam em muito o conhecimento dos agricultores”, afirmou Filipe Cardoso.

Ao abordar a história da Dagostin Sementes, o engenheiro agrônomo destacou a trajetória da empresa desde seus humildes começos como um negócio familiar até se tornar uma atividade empresarial reconhecida em todo o Brasil. A empresa, que nunca buscou ser a maior sementeira do país, sempre primou pela qualidade de seus produtos.

“A empresa sempre se preocupou com a qualidade do produto. Nunca tivemos a intenção de ser a maior sementeira do país, mas sim ter a melhor semente. Isso é o nosso lema, por isso trabalhamos muito nessa produção. Uma boa safra começa pela semente”, ressaltou Filipe Cardoso.

O Dia de Campo Dagostin Sementes não é apenas um evento, mas uma oportunidade para a comunidade agrícola se conectar, aprender e fortalecer os laços que impulsionam o agronegócio brasileiro. A empresa, que tem clientes em diversos cantos do país, destaca-se pelo compromisso em oferecer não apenas sementes, mas também um atendimento essencial para impulsionar a produção.

“Nosso atendimento é essencial para a produção. Queremos que o cliente quando pense na safra, lembre-se da nossa semente. O que é motivo de honra para todos nós”, finalizou.