Segurança Dic de Araranguá indiciou mais de 115 pessoas e realizou uma centena de operações em 2022

Dic de Araranguá indiciou mais de 115 pessoas e realizou uma centena de operações em 2022

30/12/2022 - 19h07

A Divisão de Investigação Criminal (DIC) de Araranguá, concluiu o levantamento das ações realizadas durante o ano de 2022. De acordo com o delegado, Jair Pereira Duarte, que coordena aquela delegacia, mais de 115 pessoas foram indiciadas pela prática de crimes como homicídio, tráfico de drogas, organização criminosa, extorsão e roubo.

Também foram registradas 100 operações policiais em que integrantes da DIC atuaram no cumprimento de mandados de busca e apreensão e de prisões. Destaque para o alto índice de resolução dos crimes de homicídio. A unidade, com sede em Araranguá, é uma das 30 delegacias especializadas em todo o estado com atuação voltada para a investigação de crimes de maior complexidade como homicídio, latrocínio, tráfico de drogas, organização criminosa e extorsão.

Entre os resultados das atividades realizadas ao longo de 2022, destaca-se o alto índice de resolução de casos de homicídio. Foram instaurados 06 inquéritos policiais que apuraram ocorrências de morte violenta sem autoria, em Araranguá e Balneário Arroio do Silva. Dos 06 casos, 05 foram esclarecidos pela equipe da DIC. Um dos inquéritos instaurados para apurar esse crime está em andamento.

Foram produzidos 255 relatórios de investigação e 51 representações encaminhadas ao Poder Judiciário solicitando medidas cautelares. A DIC de Araranguá coordenou 67 operações para cumprimento de mandados de busca e apreensão. Em outras 14 operações o efetivo da DIC prestou apoio a outras unidades policiais. As diligências ocorreram em cidades de Santa Catarina e também do Rio Grande do Sul. Foram 58 pessoas presas em flagrante e por mandados durante o ano de 2022.

Nas atividades cartorárias, foram movimentadas 49 cartas precatórias e concluídos 133 procedimentos investigatórios, que incluem tanto crimes cometidos por adultos, como atos infracionais por adolescentes. Além desses procedimentos, foram realizados vários trabalhos de resgate de animais em situação maus-tratos em Araranguá.