Economia Empresária Carolina Guidi compartilha sua jornada de sucesso na comunicação catarinense

Empresária Carolina Guidi compartilha sua jornada de sucesso na comunicação catarinense

14/05/2024 - 10h13

No programa 95.5 Entrevista da Rádio Araranguá, apresentado por Gregório Silveira, os ouvintes tiveram o prazer de conhecer um pouco mais sobre Carolina Guidi, empresária do ramo da comunicação com uma trajetória inspiradora.

Natural de Criciúma e nascida em setembro de 1974, Carolina Guidi é formada em jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina e possui pós-graduação em gestão pela Esag. Sua jornada profissional começou na ROMA, uma empresa de tecnologia, onde teve sua primeira experiência no mercado de trabalho.

“Venho de uma família política, onde desde pequena já estava envolvida nos palanques de campanha de meu pai. Logo aos meus seis meses de idade, meu pai venceu uma campanha para deputado federal e com isso, nos mudamos para Brasília. Sempre brincávamos que vida de político, era vida de cigano, porque não parávamos em lugar nenhum. Tempo depois, fomos para Florianópolis a trabalho e permanecemos em Santa Catarina. Foi quando iniciei nos meus estudos”, destacou.

Após concluir sua pós-graduação, Carolina assumiu um papel fundamental na rádio Difusora de Içara, uma empresa familiar fundada em 1982. Desde então, ela tem desempenhado um papel importantíssimo, contribuindo para o seu crescimento e sucesso ao longo dos anos.

“Foi um período de muito aprendizado. Sempre tive muito carinho pelo rádio, até porque meu pai tinha a Difusora e eu pensava em assumir futuramente o veículo. Convivi com muitos jornalistas da região, fiz muitas amizades. Quando ingressei à frente da Difusora, pude aplicar minha gestão com o auxílio de meu pai. Aplicamos muitas atualizações e isso inovou nossa programação”, ressaltou.

Atualmente, Carolina Guidi ocupa o cargo de gestora na Massa FM de Criciúma, demonstrando sua habilidade em liderança e gestão no setor da radiodifusão. Além disso, ela também desempenha um papel importante como Vice-Presidente de Capacitação e Integração na Associação Catarinense de Emissoras de Rádio e Televisão, a ACAERT.

“Com o passar do tempo, as atualizações nos forçaram a comprar equipamentos novos e realizar novos investimentos. Sabíamos que nosso alcance seria maior. Com isso, repaginamos nosso perfil e de imediato fui para a ACAERT. Feito que me ensinou muito sobre as atualizações que os veículos de comunicação galgariam. Foi a transição de AM para FM. Me recordo que me assustei de início, porque sabia que nós tornaríamos um canhão. Foi uma decisão difícil, mas muito importante. Após muitas pesquisas entendemos a necessidade de realizar essa migração. Até que começamos a buscar redes para ingressar e encontramos a Rádio Massa. Foi um sucesso, aderimos ao projeto e estamos aí até hoje”, relembrou. 

Sua dedicação e comprometimento com a indústria da comunicação são evidentes em sua jornada profissional, onde ela tem se destacado não apenas como uma líder de sucesso, mas também como uma defensora dos interesses e necessidades do setor.