Economia Empresário Éverton dos Santos Pinto: dos carrinhos de picolé aos grandes shows na região Sul

Empresário Éverton dos Santos Pinto: dos carrinhos de picolé aos grandes shows na região Sul

25/06/2024 - 09h25

Na edição dessa segunda-feira, 24, do programa 95.5 Entrevista, da Rádio Araranguá, o empresário Éverton dos Santos Pinto foi o convidado especial e compartilhou detalhes de sua inspiradora trajetória de vida e carreira.

Nascido em Araranguá, Éverton é filho de Flávia Clezar dos Santos e Edemar Prudêncio dos Santos. Sua formação educacional ocorreu nas escolas Neuza Osteto Cardoso, Maria Garcia Pessi, Julieta Aguiar Bertoncini e no Colégio Estadual de Araranguá.

“Araranguá é um berço de boas amizades. Ao longo de minha trajetória, colecionamos bons momentos. Atualmente resido em Balneário Arroio do Silva, mas levo a Cidade das Avenidas em meu coração. Apesar de ter uma infância simples, fomos bem-educados por meus país. Aprendemos muito com os mais velhos”, destacou.

Desde muito jovem, Éverton acumulou diversas experiências no mercado de trabalho. Ele começou vendendo picolé na Nevasca e passou por diversas ocupações, incluindo trabalhos em uma fábrica de tubos, oficina de pintura, barbearia, fábrica de móveis, lanchonete e na Dimasa Volkswagen.

“Com nove anos, meu avô me deu um carrinho de mão para fazer alguns fretes. Havia algumas senhoras que eu ajudava a trazer as compras no carrinho. Além disso, vendia picolé nas eleições que ocorriam na cidade. Foram muitas experiências, desde lavação até mesmo cortar cabelo. Sempre busquei fazer o bem, em todos os lugares que passei. Tudo na vida é um aprendizado. Procuro sempre tirar uma lição. Nunca falei que não sabia fazer algo, mas apesar de não saber, sempre busquei aprender”, ressaltou.

Determinado a alcançar seu sonho de empreender, Éverton decidiu focar em seus próprios negócios. Ao longo dos anos, ele gerenciou uma série de empreendimentos, como um depósito de gás, uma borracharia e lavação, um salão de eventos, transporte de caminhão, terraplanagem e comércio de veículos.

“O empreendedorismo sempre fez parte da minha vida. Me lembro quando trabalhamos com a fabricação e pranchas de areia. Na oportunidade, um senhor que representava a Mormaii, viu uma das pranchas e assinamos um contrato forte. Apesar do sucesso, não tínhamos maquinário suficiente para atender a demanda. Com isso, fomos para outro projeto, o depósito de gás e assim todos os outros empreendimentos. Atualmente trabalhamos com shows e eventos. Já abrimos muitos shows nacionais e observamos a alegria que é ver as crianças demonstrando seus talentos”, concluiu.

Confira a entrevista completa: