Agronegócio Encontros regionais orientam sobre as ações de controle do Cancro Europeu

Encontros regionais orientam sobre as ações de controle do Cancro Europeu

11/07/2024 - 08h00

A Campanha Todos Contra o Cancro Europeu promove encontros regionais com diálogos técnicos sobre as atualizações, manejo e resultados das pesquisas relativas ao tema. A campanha é promovida pela Secretaria de Estado da Agricultura e Pecuária (SAR) através do Comitê Estadual de Sanidade das Pomáceas (Cesp).

O Cesp é composto pela Companhia Integrada de Desenvolvimento Agrícola de Santa Catarina (Cidasc), A Empresa de Pesquisa Agropecuária e Extensão Rural de Santa Catarina (Epagri), Associação Brasileira dos Produtores de Maçã (ABPM), Associação dos Produtores de Maçã e Pêra de SC (AMAP), Associação dos Engenheiros Agrônomos da Serra Catarinense (ASSEA), Núcleo dos Técnicos Agrícolas de São Joaquim (NUTASJ), Federação da Agricultura de Santa Catarina (FAESC), Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC), Prefeitura de São Joaquim e Associação Comercial de Fraiburgo (ACIAF) e conta com apoio das lideranças locais e entidades representativas do setor agropecuário.

Nesse ano, os encontros da Campanha Todos Contra o Cancro Europeu passaram a ser de forma regional, envolvendo as comunidades para estimular e facilitar a participação dos produtores. As ações ocorrem nas regiões produtoras de maçã em Santa Catarina, a exemplo de São Joaquim, que é a Capital Nacional da Maçã, produzindo 319,2 mil toneladas da fruta para abastecer o Brasil e outros países, dados do Observatório do Agro/SC. Outra região que receberá ações da campanha é Fraiburgo, município reconhecido pela produção da maçã gala. 

O cronograma de reuniões em São Joaquim iniciou em junho na comunidade Costa da Antonina, e debateu as ações do Programa Estadual de Mitigação de Riscos do Cancro Europeu das Pomáceas. O programa visa dar continuidade aos trabalhos feitos em todo estado, com relação ao controle da praga. Na última terça-feira, 9, o encontro foi realizado em Boava e contou com a participação de aproximadamente 70 produtores, das localidades de Invernadinha, Três Pedrinhas, Grota do Cedro, Fundo da Lamoa, Santo Antão e arredores de São Joaquim.

Mantida sob controle em Santa Catarina, o Cancro Europeu é uma praga regulamentada, causada pelo fungo Neonectria ditissima, que atinge exclusivamente as pomáceas (maçã e pêra). As medidas de prevenção, vigilância e controle são exigências para evitar novos focos do cancro europeu, de forma que não comprometa a produção e comercialização de maçãs e mudas no estado.

Segundo secretário de Estado da Agricultura e Pecuária, Valdir Colatto, manter a praga sob controle é uma das prioridades da SAR e das empresas vinculadas. “O cancro europeu está sendo controlado, mas a vigilância e o trabalho de manejo feito pelos produtores é a melhor forma de seguir combatendo a praga e preservar a produção de maçãs no estado”, afirma o secretário. 

A campanha ocorre durante o ano todo, mas as ações de divulgação são intensificadas no inverno. As próximas localidades de São Joaquim a receber a campanha serão: Luizinho, Despraiado, Cruzeiro, Bentinho, Chapada Seca e Santa Izabel, assim como todas as comunidades vizinhas. A região de Fraiburgo também realizará evento da campanha, em agosto.