Segurança Foragido de Araranguá condenado a 82 anos por duplo homicídio, é capturado em Capivari de Baixo

Foragido de Araranguá condenado a 82 anos por duplo homicídio, é capturado em Capivari de Baixo

08/12/2023 - 18h41

Na tarde desta sexta-feira, 08 de dezembro, a Divisão de Investigação Criminal (DIC), de Araranguá, realizou a prisão de João Carlos Freitas, condenado a 82 anos de prisão por duplo homicídio ocorrido em janeiro deste ano. As vítimas, Karoline de Souza e Gabriela Rocha, tiveram suas vidas brutalmente interrompidas, e o criminoso estava foragido desde fevereiro.

A operação que culminou na prisão de João teve seu desfecho na cidade de Capivari de Baixo, onde o indivíduo estava escondido. A ação coordenada pela DIC ressaltou a importância do trabalho investigativo para a captura de criminosos que representam uma ameaça à sociedade.

O duplo homicídio chocou a cidade no início do ano, deixando marcas profundas nas famílias das vítimas e acendendo a busca incessante por justiça. A condenação de 82 anos reflete a gravidade do crime cometido por João Carlos Freitas, e sua prisão agora representa um passo crucial para a conclusão do caso.

As autoridades destacaram que o criminoso se encontrava foragido há quase dez meses, mas a persistência e dedicação dos investigadores da DIC levaram à sua localização e prisão.

O próximo passo agora será o encaminhamento de João Carlos Freitas ao sistema prisional, onde cumprirá a pena determinada pela justiça. As famílias das vítimas, que aguardavam por esse desfecho, esperam que a prisão do criminoso traga algum conforto e que o sistema de justiça continue trabalhando para garantir a segurança da população.