Economia Líder nacional na produção de maçãs, Santa Catarina é destaque pela qualidade e sanidade dos pomares

Líder nacional na produção de maçãs, Santa Catarina é destaque pela qualidade e sanidade dos pomares

12/02/2024 - 07h37

Com o início da colheita da maçã na semana passada, os fruticultores alavancam a mão de obra nos municípios e recebem visitantes de todas as regiões em seus pomares. As maçãs catarinenses, equilibradas nutricionalmente, cativam os paladares com seu sabor, textura e acidez adequada.

O Estado de Santa Catarina, reconhecido por produzir maçãs com doçura, crocância e suculência, não apenas lidera o país em volume de produção, mas também se destaca pela qualidade das frutas e pela impecável sanidade dos pomares. Esta conquista é o resultado de um esforço conjunto e dedicado ao longo do tempo no monitoramento, contenção, prevenção, controle e erradicação de pragas como a Cydia pomonella, comumente conhecida como traça-da-maçã. Esta praga afeta não apenas maçãs, mas também peras, marmelos, nozes europeias e frutas de caroço como pêssegos, ameixas e nectarinas.

Erradicação da Cydia pomonella

O Programa Nacional Prevenção e Controle da Cydia pomonella (PNPCCP) teve início na década de 1990 com o descobrimento do primeiro foco na área urbana de Vacaria. O processo de erradicação, em Santa Catarina, foi conduzido pelo Ministério da Agricultura e Pecuária (Mapa), em parceria com a Companhia Integrada de Desenvolvimento Agrícola de Santa Catarina (Cidasc) e os produtores rurais ao longo de anos. Essa iniciativa levou o Brasil a ser reconhecido, em 7 de maio de 2014, como uma “Área Livre da Cydia pomonella“. Este status fitossanitário é uma realização notável para a fruticultura brasileira.

O cultivo de maçãs não é apenas uma atividade agrícola, mas também desempenha um papel crucial na sustentabilidade socioeconômica do Estado. As regiões de Fraiburgo e São Joaquim se beneficiaram significativamente, tornando-se as principais fontes de renda devido à exploração da cultura da macieira. A maçã possibilita a viabilidade econômica das pequenas propriedades, impulsiona a agroindústria e otimiza as potencialidades climáticas das regiões produtoras.

“Santa Catarina orgulha-se de sua posição como líder nacional na produção de maçãs, garantindo não apenas a excelência do produto, mas também a preservação da integridade dos pomares. Este sucesso é o resultado de um compromisso conjunto com a qualidade, sanidade e sustentabilidade, consolidando a fruticultura catarinense como referência para o país”, destaca a engenheira agrônoma, Roberta Duarte Ávila Vieira.

Cydia pomonella: Uma ameaça sob controle em Santa Catarina

A Cydia pomonella, conhecida como traça-da-maçã, é uma pequena lagarta que forma galerias na fruta, levando-a a cair do pé antes de amadurecer. Originária da Ásia e Europa, essa praga assola plantações em países como Argentina, Uruguai e Estados Unidos, sendo considerada o pior inseto praga da fruticultura mundial. Manter Santa Catarina livre dessa ameaça exige um esforço contínuo de fiscalização e monitoramento do Ministério da Agricultura e Pecuária (Mapa), da Companhia Integrada de Desenvolvimento Agrícola de Santa Catarina (Cidasc) e dos dedicados produtores rurais.