Política Lideranças se reúnem com o Governador pela quarta ponte

Lideranças se reúnem com o Governador pela quarta ponte

12/01/2024 - 22h28

Mais um ano se inicia e a quarta ponte sobre o Rio Araranguá continua sendo uma realidade distante dos moradores e visitantes da nossa região. Com o objetivo de mudar essa situação, lideranças do Extremo Sul reuniram-se nessa sexta-feira, dia 12, com o Governador Jorginho Mello, na Capital do estado.

No começo da noite, o Deputado Estadual Tiago Zilli, se manifestou sobre o pleito. ”Saímos há pouco de uma produtiva reunião com o prefeito César Cesa e o governador Jorginho Mello, discutindo importantes demandas de Araranguá. A retomada da obra da ponte sobre o Rio Araranguá em Hercílio Luz foi a principal pauta.”, colocou o parlamentar do Sul catarinense.

Esperançoso sobre o encaminhamento para o reinício da obra, Tiago lembrou da união de esforços necessária para a resolução do problema. “Agradeço a colaboração e empenho do deputado Volnei Weber, que solicitou a reunião, nesta luta. Juntos, vamos trabalhando pelo desenvolvimento da nossa região!”

As obras de construção da ponte que liga o Morro dos Conventos ao Balneário Ilhas, em Araranguá, estão paralisadas. Devido ao aumento da inflação, o projeto avaliado em R$ 19 milhões passaria para mais de R$ 20 milhões. Conforme César Cesa, prefeito do município, a gestão pública cogita realizar uma nova licitação para que os trabalhos sejam retomados.

Obras interrompidas

As obras de construção da ponte que liga o Morro dos Conventos ao Balneário Ilhas, em Araranguá, estão paralisadas. Devido ao aumento da inflação, o projeto avaliado em R$19 milhões passaria para mais de R$ 20 milhões.

Além do aumento dos valores dos insumos para a construção, na antiga licitação da Prefeitura de Araranguá não estavam incluídos a iluminação da ponte e nem a cabeceira de 10 metros de altura vista como necessária para o andamento do projeto.

“Infelizmente no contrato fechado, existia uma série de erros. Penso que se é para realizar um projeto, precisa ser dentro do que é correto. Estamos revendo alguns detalhes e o aumento dos preços da matéria-prima tem sido um grande empecilho. Trabalhamos com a possibilidade de fazer uma nova licitação, assim a empresa pode continuar com os trabalhos ou uma nova pode assumir”, explicou Cesa.

O investimento da obra é realizado por meio de um convênio entre o Governo do Estado e a Prefeitura de Araranguá. A administração estadual repassou ao município um total de R$15,8 milhões, com contrapartida de aproximadamente R$ 2,7 milhões.