Geral Limpeza transforma o cenário do Açude Manoel Angélica em Araranguá

Limpeza transforma o cenário do Açude Manoel Angélica em Araranguá

24/01/2024 - 12h34

Uma mudança significativa está ocorrendo no Açude Manoel Angélica, situado no Bairro Jardim Cibelli, em Araranguá, desde setembro do ano passado. O local, que por anos sofreu com assoreamento e excesso de vegetação, está passando por um processo de limpeza que não apenas valoriza sua beleza, mas também contribui para a preservação da fauna e flora local.

A intervenção, realizada pela empresa Gaspamar, vencedora da licitação, tem como objetivo remover o excesso de vegetação e resíduos que prejudicavam o açude. A limpeza é crucial para auxiliar na oxigenação da água, beneficiando a fauna aquática. As vegetações macrófitas, prejudiciais ao ecossistema aquático, estavam causando déficit de oxigênio, acidificação da água e redução da biodiversidade.

A equipe de manutenção da Gaspamar, composta por profissionais dedicados, trabalha diariamente por 10 horas para revitalizar o local. Equipamentos especializados, como uma escavadeira long reach, uma retroescavadeira adaptada para trabalhar sob as águas e um trator anfíbio, são utilizados para a remoção eficiente de plantas aquáticas e detritos.

Maicon Cézar, chefe de manutenção da Gaspamar, destaca a importância do trabalho contínuo para garantir o sucesso da limpeza. Ele explica que o açude enfrentava anos de assoreamento devido ao acúmulo de resíduos e areia carreada pelas galerias pluviais, resultando no domínio da vegetação onde deveria existir apenas a lâmina d’água.

Moradores locais, como a aposentada Dalva Rodrigues, expressam gratidão pela iniciativa. “Graças a Deus essa limpeza do nosso açude saiu do papel. Há anos aguardávamos uma intervenção. Gostaria de agradecer à Prefeitura de Araranguá e ao SAMAE pelo serviço, que embeleza nosso bairro e proporciona melhor qualidade de vida”, diz ela.

Dalva ainda compartilha lembranças afetivas do açude, remontando a um tempo em que a água era transparente, e o local era ponto de encontros familiares. Com a recuperação em andamento, ela ressalta a nostalgia e emoção ao testemunhar a transformação do local.

A ação não apenas resgata a beleza natural do Açude Manoel Angélica, mas também destaca a importância da colaboração entre a comunidade e os órgãos responsáveis para a preservação e revitalização dos recursos hídricos locais. A expectativa é de que a iniciativa resulte em um ambiente mais saudável e acolhedor para as gerações presentes e futuras.