Segurança Mulher é executada com mais de 20 disparos de arma de fogo no Lagoão

Mulher é executada com mais de 20 disparos de arma de fogo no Lagoão

06/02/2024 - 07h39

A polícia militar de Araranguá registrou um homicídio no final da noite desta segunda-feira, dia 05, em Araranguá. O crime ocorreu por volta de 23h45min no interior de uma residência do bairro Lagoão em Araranguá. A ocorrência mobilizou equipes da polícia técnica, e também da polícia civil.

Conforme populares informaram a polícia militar o crime foi praticado por dois homens encapuzados com bala clava, que usavam roupas escuras, e fortemente armados que invadiram a residência, e dispararam mais de vinte tiros de pistola a queima roupa contra a vítima, uma mulher de 33 anos.

Os tiros atingiram as costas, o rosto, o tórax, e cabeça da vítima, que possivelmente foi executada quando assistia televisão com os filhos menores. O corpo da vítima foi encontrado pela polícia militar no sofá da residência. As crianças se refugiram em casas de vizinhos, e os criminosos fugiram em uma motocicleta.

Durante os trabalhos das equipes, a guarnição abordou a ex-sogra da vítima, e ela relatou que estava em casa, e ouviu os disparos, porém achou que fosse barulho de fogos. Mas, foi comunicada pelos filhos da vítima que a mães deles havia sido morta. O companheiro da vítima estava trabalhando no momento da ocorrência.

Após o crime, a polícia militar isolou a área, e acionou a polícia cientifica. Técnicos do Instituto Geral de Perícias e do Instituto Médico Legal, recolheram mais de 20 capsulas de pistolas de calibres 9mm, e 380 no local do crime. A polícia civil investiga a autoria, e o que teria motivado mais este homicídio em Araranguá.