Segurança Mulher natural de Araranguá é morta a facadas pelo marido em Criciúma

Mulher natural de Araranguá é morta a facadas pelo marido em Criciúma

16/06/2024 - 11h54

De acordo com a polícia militar, trata-se de ocorrência de feminicídio. Por volta de 23 horas deste sábado, dia 15, uma guarnição da polícia militar foi acionada para prestar apoio a uma equipe do SAMU, o serviço de atendimento móvel de urgência, que socorria uma mulher 29 anos, com perfurações pelo corpo, no interior de uma residência no bairro Cristo Redentor em Criciúma.  

Após o atendimento, o médico do SAMU constatou o óbito no local. Ao lado do corpo da vítima, os policiais militares apreenderam uma faca de cozinha. O autor do feminicídio de 30 anos, companheiro da vítima estava próximo à ocorrência, e confessou o crime, alegando como motivação ciúmes.

De acordo com a polícia o criminoso é natural de Porto Alegre, e a vítima nasceu em Araranguá. Conforme a polícia o criminoso passará por audiência de custódia neste domingo, dia 16. O auto de prisão em flagrante por feminicídio foi realizado pela polícia civil com o pedido de prisão preventiva.

Ainda conforme a polícia civil, o casal não tinha registro de violência doméstica, entretanto, o homem possuía uma medida protetiva ativa desde novembro de 2023. A medida foi expedida pela Vara de Violência Doméstica da Comarca de Criciúma, por uma ex-companheira do criminoso, por crime de lesão corporal. Após a prisão, o homem foi removido ao presídio Santa Augusta, em Criciúma.