Segurança Município de Praia Grande já registra seis famílias desalojadas devido às fortes chuvas que vêm afetando a região (VÍDEO)

Município de Praia Grande já registra seis famílias desalojadas devido às fortes chuvas que vêm afetando a região (VÍDEO)

02/05/2024 - 11h44

Força tarefa do Corpo de Bombeiros mantém vigilância e prontidão na região

O início desta semana foi marcado por fortes chuvas que têm impactado diretamente diversos municípios em todo o Estado de Santa Catarina, e o Extremo Sul Catarinense não ficou imune a esses efeitos. Entre os municípios mais afetados estão São João do Sul e Praia Grande, onde uma força-tarefa do Corpo de Bombeiros está em estado de alerta e prontidão para lidar com quaisquer eventualidades.

Em entrevista concedida à Rádio Araranguá, no programa Estúdio 95 apresentado por Lucas Casagrande, o Major do Corpo de Bombeiros Diogenes Borges, compartilhou informações sobre a situação das cheias na região. “Estamos em fase de monitoramento desde terça-feira. Existe uma preocupação com nossa região. Atualmente, o maior foco está direcionado aos municípios de Praia Grande e São João do Sul, onde a chuva tem chegado com maior volume”, destacou o major.

Diante da possibilidade de situações mais críticas, Borges enfatizou que as equipes estão preparadas para responder rapidamente às necessidades da comunidade. “Estamos nos preparando para o pior. Por hora, nossa atuação se encontra apenas em fase de monitoramento, porém estamos com toda nossa estrutura de carros quatro por quatro e botes em prontidão. Se precisar, estamos a postos”, assegurou.

O major também mencionou o apoio prestado pelo Corpo de Bombeiros a outros estados afetados pelas chuvas, destacando a solidariedade e cooperação entre as regiões. “Uma quantidade expressiva de profissionais de todo o estado, sendo quatro de nossa, foi deslocada ao Rio Grande do Sul para ajudar na necessidade que é maior no estado vizinho”, informou.

Em relação aos impactos já registrados, Borges relatou: “Com os trabalhos a todo vapor, o município de Praia Grande já registra seis famílias que precisaram ser retiradas de suas residências, devido às cheias. Nessa região da COAB a água saiu da calha, o que fez chegar às casas. Com isso, retiramos essas famílias e as encaminhamos a um abrigo”.

Por fim, o major enfatizou a importância da colaboração da população em momentos de cheias como esse. “As pessoas precisam cooperar. Em tempos de cheias, é necessário redobrar os cuidados, principalmente em áreas ribeirinhas, próximas a rios e lagoas. Todo cuidado é pouco”, concluiu.