Geral Narrador esportivo Mário Lima: 50 anos de paixão pelo rádio

Narrador esportivo Mário Lima: 50 anos de paixão pelo rádio

06/02/2024 - 08h49

Em uma emocionante entrevista concedida à Rádio Araranguá, no programa 95.5 Entrevista, apresentado por Gregório Silveira, o renomado narrador esportivo Mário Lima, conhecido como “O Amigo da Galera”, compartilhou os detalhes de sua jornada de 50 anos no mundo do rádio.

Com uma voz imponente e a habilidade ímpar de transmitir emoção através das transmissões esportivas, Mário Lima deixou para trás uma promissora carreira como jogador de futebol ainda jovem, para abraçar o microfone como seu instrumento de trabalho.

“Meu início foi muito simples. Vim de família humilde, onde meu pai que era ferreiro, se mudava muito de endereço. Recordo que onde a colônia estava melhor, ele juntava seus equipamentos e nossa mudança, colocava na carroça e íamos. Quando nos mudamos para o Rio Grande do Sul, tive a oportunidade de jogar em um clube da região. Com 16 anos assinei meu primeiro contrato. O tempo passou e fui para outros clubes”, destacou.  

Mário Lima expandiu seus horizontes profissionais pelos três estados do Sul do Brasil, além de desbravar terras no Maranhão, Bahia, Ceará e Rio de Janeiro. Sua voz ecoou pelos estádios, levando a paixão pelo esporte aos corações dos ouvintes ao redor do país.

“Durante o período em que jogava, dei muitas entrevistas. Em um certo dia, dando entrevista, um responsável de uma rádio me ouviu e me fez um convite para começar a comentar jogos. Fui para lá e passei a narrar também. Com isso, o diretor da rádio me chamou e disse que eu tinha que narrar futebol. Como naquele local ele não conseguiria me pagar, disse para que eu rescindisse o contrato, que ele me daria uma casa em Curitiba PR, para iniciar minha carreira no rádio”.

“Foi isso que fiz, no ano seguinte já estava no Paraná. Com a carta dele, ingressei na Rádio. Ainda muito jovem, passei por muitos estados. Foi uma trajetória muito linda, conheci muitas pessoas boas. Meu início foi praticamente sem salário, era muito pouco. Comecei como repórter policial. Com o passar do tempo, fui migrando para o esporte, onde sempre foi minha paixão”, acrescentou.

Ao longo de cinco décadas de dedicação incansável ao rádio, Mário Lima tornou-se uma figura icônica no cenário esportivo brasileiro, compartilhando momentos inesquecíveis e emocionantes com sua audiência. “Ainda no estado, recebi uma proposta para ir trabalhar no Maranhão. A partir daí, que minha carreira mudou, me tornei um profissional. Foi uma época de muito crescimento e aprendizagem. Fui muito feliz no Maranhão, até que recebi um convite da Bahia, para narrar uma Copa do Mundo, na Espanha. Vivenciei momentos inesquecíveis ao longo dos anos”.

Com seu aniversário de 50 anos de rádio se aproximando no mês de outubro, Mário Lima continua a inspirar e encantar gerações, deixando um legado no mundo das transmissões esportivas. Sua história é um testemunho vivo da paixão, perseverança e dedicação ao rádio.

Confira a entrevista completa na íntegra: