Geral O atleta catarinense que conquistou o Brasil: conheça a história de Sandro Renato Araújo

O atleta catarinense que conquistou o Brasil: conheça a história de Sandro Renato Araújo

08/07/2024 - 09h27

No último programa 95.5 Entrevista da Rádio Araranguá, apresentado por Gregório Silveira, o convidado especial foi Sandro Renato Araújo, um dos maiores nomes do esporte catarinense. Natural de Joinville e residente de longa data no Sul do Estado, Sandro relembrou momentos marcantes de sua carreira e suas contribuições ao esporte.

Sandro, que completou sua formação escolar em São Francisco do Sul, Florianópolis e Araranguá, é formado em educação física com pós-graduação em Treinamento Desportivo. Durante seus estudos em Araranguá, frequentou os colégios Murialdo e o Normal. Aos 14 anos, Sandro iniciou sua carreira profissional no atletismo, destacando-se nas provas de 100 metros e revezamento 4×100 metros, representando cidades como Florianópolis, Blumenau e Criciúma.

“Me lembro que meu pai era gerente de banco e com isso, precisava ser deslocado para várias cidades de Santa Catarina. Em uma dessas passagens, cheguei a Araranguá. Aos 12 anos de idade, venci os jogos escolares na Cidade das Avenidas. Com isso, fui convidado a ingressar no atletismo de Florianópolis e, aos 14, me tornei um atleta profissional”, relembrou Sandro.

A trajetória esportiva de Sandro é repleta de vitórias e recordes. Ele foi campeão estadual e recordista em diversas categorias e eventos, incluindo os Jogos Abertos de Santa Catarina (JASC), onde conquistou 19 medalhas. Em 1984, foi pré-convocado para as seletivas dos Jogos Olímpicos de Los Angeles e, em 1987, teve a honra de conduzir a tocha olímpica na abertura do JASC em Criciúma.

“Após isso, me mudei para Blumenau, para disputar as competições. Depois disso, me mudei para Criciúma, foi onde disputava por uma equipe do Rio de Janeiro e também por Criciúma. Me lembro do professor Euclides, uma pessoa incrível que me ensinou muita coisa. Depois que havia ido para Florianópolis, se abriu um leque de competições nacionais e oportunidades para mim. Foram muitas vitórias e pódios, momentos que marcaram minha carreira, como o troféu Brasil, uma das principais competições do esporte”, ressaltou.

Em 1983, Sandro ingressou na prefeitura de Criciúma como atleta e, posteriormente, desempenhou vários papéis significativos, incluindo Presidente da Fundação Municipal de Esportes de Criciúma e Coordenador Técnico Geral da CCO. Atualmente, é Diretor Executivo da Associação Desportiva Criciúma. Entre 2008 e 2017, coordenou importantes eventos esportivos como OLESC, Joguinhos Abertos, JASC, JABS, JASTI e PARAJASC.

“Como já possuía uma boa experiência como atleta, foi algo habitual me transformar em um coordenador. Em Criciúma, me tornei coordenador de atletismo, onde pude promover muitos eventos da modalidade na cidade carvoeira. Sabemos que é um trabalho muito dificultoso, mas a gratificação é muito grande. Temos uma equipe qualificada que nos ajuda muito. Sem eles nada seria possível. O trabalho é bastante árduo, mas vale a pena. A prefeitura de Criciúma sempre apoia muito o esporte”, explicou.

Projeto

Sandro também é reconhecido pelo seu trabalho como idealizador e coordenador do Projeto Correndo pelo Futuro, em Criciúma, que revelou talentos como a atleta olímpica Ana Claudia Lemos Silva. “O projeto foi uma das minhas grandes conquistas. No primeiro festival, participaram 600 crianças. Encontramos grandes nomes do atletismo, como Ana Claudia Lemos Silva”, destacou Sandro.

Reconhecimento

Em reconhecimento a suas contribuições, ele foi convocado para ser comendador do Esporte no Estado e fez parte do conselho da Fesporte até o ano passado. “Até ano passado fiz parte do conselho da Fesporte. Fui convocado para ser comendador do Esporte no Estado. Um reconhecimento muito bacana a nossa carreira. Nos sentimos lisonjeados com esse convite”, concluiu.