Segurança Polícia Civil identifica e prende suspeito que matou mulher que desapareceu em Jacinto Machado

Polícia Civil identifica e prende suspeito que matou mulher que desapareceu em Jacinto Machado

13/05/2024 - 11h36

A Polícia Civil de Santa Catarina, por meio da Delegacia de Polícia de Jacinto Machado, com o apoio dos policiais da comarca de Turvo, realizou na manhã desta segunda-feira, dia 13, a prisão de um suspeito de feminicídio. A ação policial foi desencadeada em resposta ao desaparecimento de uma mulher de 29 anos residente em Jacinto Machado, desde o dia 4 de maio, que culminou na trágica descoberta do corpo da vítima, encontrado nas águas do Rio Araranguá próximo a balsa no sábado dia 11 de maio de 2024.

O desaparecimento da mulher mobilizou imediatamente a Polícia Civil, que iniciou as investigações para localizá-la, realizando a prisão do suspeito menos de 48 horas após o encontro do corpo da vítima.

Após uma meticulosa apuração dos fatos e reunindo evidências substanciais, a equipe policial obteve autorização judicial no final de semana em regime de plantão para realização de buscas no domicílio do suspeito de 33 anos, e para cumprimento de sua prisão temporária. A polícia trabalha com a hipótese de feminicídio, considerando as circunstâncias do caso, conforme adiantou a delegada, Juliana Oss.

O desfecho trágico do caso, com a localização do corpo da vítima no Rio Araranguá, reforça a seriedade e o compromisso das autoridades locais em buscar a verdade e fazer justiça em casos de violência contra a mulher. A Delegacia de Jacinto Machado permanece dedicada e empenhada em realizar todas as diligências necessárias para a completa elucidação do caso, garantindo que os responsáveis sejam devidamente responsabilizados perante a lei. A Polícia Civil espera que esse desdobramento das investigações traga um pouco de conforto à família da vítima e que a justiça seja feita em prol de sua memória.