Carlos Moisés é afastado do cargo de governador por crime de responsabilidade na compra dos respiradores

Carlos Moisés é afastado do cargo de governador por crime de responsabilidade na compra dos respiradores

O Julgamento do governador de Santa Catarina Carlos Moisés da Silva que iniciou nesta sexta-feira (26) às 9h terminou por volta das 23h30. O tribunal de julgamento aceitou o pedido de impeachment relacionado a compra de 200 respiradores no valor de 33 milhões de reais com dispensa de licitação. 
Carlos Moisés ficará afastado por até 120 dias, e quem assume o governo é a vice-governadora Daniela Reinehr.

Confira como votou cada integrante do julgamento:

Desembargadora Rosane Portella Wolff (relatora): votou parcialmente favorável à abertura do processo de impeachment.

Desembargadora Sônia Schmitz: votou parcialmente favorável à abertura do processo de impeachment.

Deputado estadual Marcos Vieira : votou contra a abertura do processo de impeachment.

Desembargador Roberto Pacheco: votou parcialmente favorável à abertura do processo de impeachment.

Deputado estadual José Milton Scheffer: votou contra a abertura do processo de impeachment.

Desembargador Luiz Zanelato: votou parcialmente favorável à abertura do processo de impeachment.

Deputado Valdir Cobalchini: votou contra a abertura do processo de impeachment.

Deputado Fabiano da Luz: votou contra a abertura do processo de impeachment.

Desembargador Luiz Fornerolli: votou parcialmente favorável à abertura do processo de impeachment.

Deputado estadual Laércio Schuster:  votou parcialmente favorável à abertura do processo de impeachment.