Política Prazo para atualização de títulos eleitorais se aproxima e cartório eleitoral de Araranguá intensifica os trabalhos

Prazo para atualização de títulos eleitorais se aproxima e cartório eleitoral de Araranguá intensifica os trabalhos

19/01/2024 - 14h42

Com a aproximação das eleições municipais, o Cartório Eleitoral de Araranguá está intensificando os trabalhos para informar e orientar os eleitores sobre o processo de cadastro, transferência e regularização dos títulos eleitorais. Em entrevista à Rádio Araranguá, o técnico Judiciário Marcos Giusti, responsável pelo cartório, esclareceu importantes detalhes sobre os prazos e procedimentos a serem seguidos pelos cidadãos.

Segundo Giusti, o prazo limite para realizar qualquer tipo de atualização cadastral é o dia 8 de maio, conforme estabelecido pela legislação eleitoral, que determina 150 dias antes do pleito eleitoral. Ele enfatizou a importância de os eleitores resolverem pendências em seus títulos a tempo, evitando problemas no momento da votação.

A idade para obtenção do título eleitoral foi destacada na entrevista. A partir dos 15 anos, os cidadãos já podem fazer o seu registro eleitoral, sendo que o voto é obrigatório a partir dos 18 anos e até os 70 anos. Giusti salientou que a partir dos 16 anos completos, o eleitor já pode exercer o direito ao voto. “No caso de maiores de idade, a votação é obrigatória, sendo dos 18 aos 70 anos. Já entre 16 e 18, acima de 70 e analfabetos, o voto se torna facultativo”, destacou.

O cancelamento do título eleitoral foi abordado como uma consequência para aqueles que não participarem das eleições municipais e gerais. Além disso, a revisão do eleitorado, realizada quando o número de eleitores é maior que a população, também pode levar ao cancelamento. O técnico Judiciário alertou que a ausência nas eleições pode acarretar em sérias consequências, como o cancelamento do CPF, fechamento de contas bancárias e perda de benefícios governamentais.

“O cidadão precisa justificar caso não vote, porque é algo muito sério. Com as ausências nas eleições gerais e municipais, o CPF da pessoa pode ser cancelado. O que resultaria em fechamento de contas bancárias, perda de benefícios do governo, enfim, muitos acréscimos seriam perdidos. Estar quite com justiça eleitoral é de extrema importância”, alertou Marcos.

Para facilitar o processo de atualização, Giusti informou que os cidadãos que tiverem a biometria coletada podem realizar seus procedimentos de forma on-line. No entanto, aqueles que ainda não possuem a biometria cadastrada devem adiantar o cadastro on-line e, posteriormente, completar os dados pessoalmente no cartório eleitoral.

“Se a pessoa teve sua biometria coletada, conseguirá realizar seu título ou transferir pela internet. Caso não tenha, poderá adiantar seu cadastro, mas precisará ir até o cartório eleitoral para completar os dados. O site do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), estará disponível para realizar esses procedimentos de forma on-line”.

Os eleitores que precisam regularizar seus documentos eleitorais podem dirigir-se ao Cartório Eleitoral de Araranguá, localizado na Urussanguinha, Avenida Coronel João Fernandes, Número 1234. O horário de atendimento em janeiro é das 13h às 18h e, a partir de fevereiro, será estendido das 12h às 19h.