Política Projeto que cria cargos da secretaria de Educação em Araranguá aguarda votação na Câmara de Vereadores

Projeto que cria cargos da secretaria de Educação em Araranguá aguarda votação na Câmara de Vereadores

15/04/2024 - 11h07

Em meio a uma crescente demanda por serviços educacionais integrais, um projeto da secretaria de Educação de Araranguá aguarda votação na Câmara de Vereadores. O projeto, que foi encaminhado em 7 de fevereiro, propõe a criação de quatro novos cargos e ajustes nas estruturas existentes para atender às necessidades da Escola Normélio José Emídio e de duas creches, sendo uma no bairro Nova Divinéia e outra em Balneário Ilhas.

Em entrevista ao programa Dia a Dia, na Rádio Araranguá, a secretária de Educação, Mariluce Bilck, expressou sua perplexidade com a demora na votação do projeto. Ela ressaltou que a proposta é simples e visa principalmente atender às demandas das escolas em transição para o formato integral.

“Não entendemos o motivo de tanta demora, sendo que se trata de um projeto simples. A lei trata da criação de quatro novos cargos. Sendo dois para a Escola Normélio José Emídio, que passou de uma simples escola de quinto ano, para uma escola de tempo integral. A unidade escolar atende 165 alunos e com sua mudança para o formato integral, o número de alunos dobra. Atualmente essa escola tem apenas uma diretora, por isso, precisamos de uma auxiliar de direção e uma secretária, cargos que são necessários para a escola que está crescendo.

Além disso, dois coordenadores de creche são propostos para atender às necessidades das comunidades de Balneário Ilhas e do bairro Divinéia. “Os outros dois cargos, são para coordenadores de creches. Esses quatro cargos que precisamos, além da modificação que condensa algumas informações para ajuste de nomenclaturas, precisam ser votados. Temos escolas que estão passando para o formato integral, sendo necessária essa ampliação”, ressaltou.