Segurança Quatro vezes acima do limite: motorista que dirigia carreta de Araranguá é preso por embriaguez ao volante

Quatro vezes acima do limite: motorista que dirigia carreta de Araranguá é preso por embriaguez ao volante

05/01/2024 - 14h30

Em um episódio chocante na marginal da BR-101 em São José, um motorista de carreta da cidade de Araranguá foi preso pela Polícia Rodoviária Federal (PRF), após ser flagrado dirigindo sob a influência de álcool. O incidente, que ocorreu nesta quinta-feira, 04, revelou um índice quase quatro vezes superior ao limite criminal estabelecido pelo Código de Trânsito Brasileiro (CTB).

A situação chamou a atenção dos agentes da PRF quando a carreta foi encontrada bloqueando a saída de um posto de combustíveis. Ao abordar o veículo, os policiais descobriram o condutor dormindo na cabine. Ao tentar se comunicar e sair do veículo, ficou evidente que o motorista, um jovem goiano de 27 anos, apresentava dificuldades para falar e se manter em pé.

A revista no interior do veículo revelou uma cena alarmante: no banco do passageiro, os agentes encontraram uma garrafa de cachaça parcialmente consumida. Essa descoberta reforçou a suspeita de que o condutor estava dirigindo sob a influência de álcool.

O ápice do flagrante foi o teste do bafômetro, que apontou um assustador índice de 1,30 miligrama de álcool por litro (mg/L) de ar expelido. De acordo com o CTB, valores iguais ou superiores a 0,34 mg/L configuram crime.

Diante da gravidade da situação, o motorista foi preso em flagrante e conduzido à Delegacia de Polícia de São José. As autoridades locais agora aguardam os desdobramentos legais desse caso, enquanto a PRF destaca a importância da fiscalização rigorosa para garantir a segurança nas rodovias e prevenir tragédias relacionadas ao consumo de álcool ao volante.