Política Samae de Araranguá fecha o ano com balanço positivo e projeções para 2024

Samae de Araranguá fecha o ano com balanço positivo e projeções para 2024

03/01/2024 - 15h23

Apesar de um ano atípico, que contou com inúmeros eventos climáticos, o Samae em Araranguá, segue avançando. São inúmeras as obras que a autarquia vem realizando. Sendo reformas, atualizações de sistemas e investimentos milionários. 

Em entrevista à Rádio Araranguá, no programa Estúdio 95, apresentado por Juliana Oliveira, o diretor geral do Samae, Jairo Costa, falou sobre investimentos nas redes de água e esgoto, qualificação de estrutura e destacou positivo o balanço da autarquia.

“O ano de 2023 foi muito positivo e neste novo ano, temos muitos projetos. Fazendo uma análise dos muitos desafios que encontramos, terminamos o ano positivamente. Durante a pandemia, não cortamos água de ninguém, mesmo pessoas com saldos de 16 meses negativo. Além disso, tivemos produtos químicos que aumentaram 500% durante a pandemia. Foram muitas as preocupações. Temos uma grande responsabilidade. Apesar dos desafios, tivemos um ano muito produtivo. Foram muitas obras, equipamentos novos e em 2024, vamos renovar praticamente toda nossa frota”, ressaltou Jairo.

Balanço

O diretor do Samae ressalta que a autarquia se divide em departamentos. Com base nisso, Jairo detalha os números nos atendimentos. “No atendimento ao telefone, foram 552 os atendimentos. Na recepção, os números chegam a 3 mil. Já no balcão, aproximadamente 17.481 pessoas foram atendidas”.

Obras e avanços

Com respeito aos avanços que a autarquia vem alcançando, Jairo destaca. “Reformamos nosso Samae. Além disso, nossas estações de esgoto receberam muitas obras. A do centro, tínhamos um problema grave. Com isso, foi realizado um investimento de mais de R$ 1 milhão. São muitos os avanços que estamos alcançando. Aquele cheiro mal que havia, hoje não existe mais. Ainda temos muita coisa para fazer e vamos realizar. Com a nova estação que queremos fazer, se tudo der certo já vai funcionar ainda neste ano, toda a comunidade das Areias terá uma melhor pressão na água”.

Parque Belinzoni

Duas grandes obras vêm sendo realizadas no Parque Belinzoni. Delas, o deck e o calçamento em paiver. Com base nisso, o diretor prevê uma data para as inaugurações. “Nunca podemos falar de data prevista em um momento desse, de muita chuva. Muitos serviços envolvem concreto e cimento. Essa obra foi estimada em 10 meses, porém já se passaram três meses. Podemos colocar que se tudo der certo, talvez em julho a obra esteja pronta. Mas dependemos também da empresa. Tudo pode acontecer e atrasar um pouco. Acredito que a obra do deck até julho esteja entregue. Já a do paiver, que iniciamos a obra dentro, poderá ser entregue antes, visto que se trata de uma obra de menos tempo”.

Para 2024

Prospectando o futuro, Jairo relata a importância de estar sempre em busca conhecimento, para atualizar equipamentos importantes que são utilizados nas estações. “Tem muita coisa para acontecer. Seguimos ampliando nossa rede de água e esgoto. Estamos pensando em uma nova rede e recuperação dos nossos mananciais. Além disso, vamos atualizar muitos equipamentos em nossas estações. Tudo precisa melhorar e com isso, pretendemos avançar. O Samae está sempre pensando no futuro”.

Novo sistema

Pensando em quem mora sozinho, o diretor do Samae diz estar estudando junto a Aresc, (Agência Reguladora de Serviços Públicos de Santa Catarina), formas de baratear o custo dessas pessoas. “Tem muita gente que está com o apartamento fechado e paga 10 mil litros, sendo que não utilizou nada. Isso é uma injustiça. Com isso, estamos fazendo um trabalho junto com a Aresc, para resolver essa situação. Existe todo um estudo. Estamos no caminho, já tivemos reuniões sobre isso”.