Geral SC conquista a 8ª Indicação Geográfica com o reconhecimento da Linguiça Blumenau

SC conquista a 8ª Indicação Geográfica com o reconhecimento da Linguiça Blumenau

08/02/2024 - 07h46

Santa Catarina passa a contar com o registro de oito Indicações Geográficas (IGs). O Instituto Nacional da Propriedade Industrial (INPI) publicou nessa terça-feira, 06, o reconhecimento para a produção de linguiça de carne suína pura e defumada Blumenau, na espécie Indicação de Procedência (IP). O Selo de Indicação Geográfica valoriza os produtos agrícolas, indica a procedência, respeitando os saberes e fazeres dos produtores locais.

A IG atesta que um produto só tem aquelas características porque é produzido de determinada forma, ou porque tem notoriedade na produção. A identificação é um diferencial competitivo que confere ao produto o caráter de exclusividade. “A Epagri, Sebrae e Universidades ajudam a identificar potenciais Indicações Geográficas e a Secretaria de Estado da Agricultura e Pecuária atesta, após é submetido à certificação do INPI. Santa Catarina têm outras quatro Indicações Geográficas em análise, sete em construção e 17 com potencial. Estamos trabalhando de forma conjunta para alavancar os produtos potenciais do nosso Estado”, afirma o secretário de Estado da Agricultura e Pecuária, Valdir Colatto.

O pedido de reconhecimento foi feito pela Associação das Indústrias Produtoras de Linguiça Blumenau (Alblu), com acompanhamento do Sebrae. Essa conquista abrange 16 municípios catarinenses do Vale do Itajaí e do Alto Vale do Itajaí.

Segundo a documentação apresentada ao INPI, a Linguiça Blumenau se estabeleceu como um produto típico da região e gradativamente passou a ser comercializada, alcançando, inclusive, outros estados. A produção da linguiça fresca e defumada abrange o território original do município de Blumenau em 1894. Originalmente, visava o autoconsumo, preservando a carne suína produzida pelos colonos.

A Linguiça Blumenau é fruto das representações “étnicas, típicas, tradicionais e culturais, ligadas ao consumo e/ou à produção da linguiça Blumenau na região, portanto, marcados geograficamente pelas festas étnicas da cultura alemã, onde a gastronomia típica se manifesta com pratos e receitas com a linguiça Blumenau. Ou seja, por ativos turístico-culturais como a ‘Rota da Linguiça’, realizada na região”, informa o documento.

As demais Indicações Geográficas (IG) de Santa Catarina são: Uva Goethe, Banana de Corupá, Queijo Artesanal Serrano, Vinhos de Altitude, Mel de Melato da Bracatinga, Maçã Fuji de São Joaquim, Erva-Mate do Planalto Norte Catarinense e agora a Linguiça Blumenau.