Agronegócio Semeadura do trigo avança no RS enquanto colheita da soja está “tecnicamente” concluída

Semeadura do trigo avança no RS enquanto colheita da soja está “tecnicamente” concluída

21/06/2024 - 10h36

A semeadura do trigo no Rio Grande do Sul está em ritmo acelerado, favorecida pelas condições ambientais de tempo seco e temperaturas elevadas para a estação. Conforme o Informativo Conjuntural divulgado nesta quinta-feira (20/06) pela Emater/RS-Ascar, as chuvas recentes em volumes moderados na maior parte do Estado facilitaram a emergência das lavouras de trigo recém-semeadas. Contudo, em algumas regiões, precipitações mais intensas causaram erosão em áreas recém-plantadas.

Aumento da área plantada e desafios na produção de sementes

Na região administrativa de Santa Rosa, a área plantada com trigo aumentou significativamente, atingindo cerca de 75% e deve ser concluída até o dia 20 de julho, conforme o Zoneamento Agrícola de Risco Climático (Zarc). No entanto, há relatos de baixa disponibilidade de sementes no comércio local e problemas de germinação em sementes armazenadas da safra anterior.

Aveia branca e canola em fase de desenvolvimento

A cultura da aveia branca está em estágio avançado de implantação, com algumas áreas enfrentando infestações de pulgões e manchas foliares. A chegada de uma frente fria pode melhorar o cenário fitossanitário. Para a canola, o Ministério da Agricultura prorrogou o prazo do Zarc até 30 de junho, permitindo que os plantios realizados neste período sejam financiados e cobertos por seguros agrícolas. Estima-se um aumento significativo na área plantada em comparação com a safra anterior.

Colheita da cevada e das culturas de verão

A semeadura da cevada está quase finalizada, com as lavouras em fase de germinação e desenvolvimento vegetativo. Nas regiões do Alto Uruguai e Planalto, produtores estão realizando controle de doenças e adubação nitrogenada. A área plantada deve apresentar uma ligeira queda em comparação à safra anterior.

A colheita da soja está ‘tecnicamente’ concluída, restando apenas algumas lavouras tardias nas regiões Sul e Campanha. Após a colheita, produtores estão eliminando plantas remanescentes de soja para a próxima semeadura de trigo.

Milho e feijão: colheita e preparativos para a próxima Safra

A colheita do milho avançou rapidamente com as condições de tempo seco, embora as lavouras comerciais de safrinha ainda estejam em andamento em algumas regiões. A produtividade estadual foi revisada para 5.966 kg/ha devido às chuvas persistentes. Para o milho silagem, a colheita das lavouras específicas está concluída, com algumas áreas sendo usadas alternativamente para evitar perdas.

A colheita do feijão 2ª safra foi finalizada, mas enfrentou desafios devido às chuvas recorrentes, resultando em qualidade e produtividade afetadas.

Situação das pastagens e criações

As pastagens melhoraram em algumas regiões com a redução das chuvas e boa insolação, embora ainda haja necessidade de suplementar os rebanhos. A bovinocultura de corte enfrenta redução de produtividade devido à perda de qualidade dos campos nativos, enquanto a bovinocultura de leite sofre com acessos dificultados por alagamentos e desafios no manejo de doenças.

A Emater/RS-Ascar segue monitorando e apoiando os produtores na adaptação às condições climáticas e no planejamento das próximas safras.