Geral Transporte público gratuito é realidade na Cidade das Avenidas

Transporte público gratuito é realidade na Cidade das Avenidas

02/01/2024 - 09h27

Na última sexta-feira, dia 29, a Cidade das Avenidas alcançou uma grande conquista, marcando um importante avanço na região: a implementação do transporte público gratuito. Após a assinatura do contrato com a Viação Cidade, a cidade não só celebrou a gratuidade no transporte, como também anunciou uma série de inovações e melhorias para os serviços oferecidos.

A parceria firmada com a Viação Cidade abrange diversos segmentos, incluindo o transporte escolar I (rede municipal – Ensino Infantil e Fundamental), transporte escolar II (Ensino Fundamental da rede pública municipal e estadual em todo o município) e transporte comunitário. Destaca-se ainda a implementação de um avançado sistema de monitoramento, utilizando tecnologias como GPS, satélite, GSM, GPRS e mapa georreferenciado.

Uma das novidades mais aguardadas pelos cidadãos é o aplicativo mobile desenvolvido para plataformas Android e IOS. Disponível para download no Google Play e na App Store, o aplicativo fornecerá informações detalhadas sobre os itinerários dos ônibus, além de possibilitar o acompanhamento em tempo real da localização dos veículos. Para aqueles que não têm acesso ao aplicativo, a Viação Cidade estabeleceu um canal de atendimento dedicado a esclarecer dúvidas, atender solicitações e receber reclamações.

Em entrevista à Rádio Araranguá, no programa “Dia a Dia” com Gregório Silveira, o chefe de gabinete da prefeitura, Sandro Ramos, fez um balanço dos primeiros dias do transporte coletivo gratuito. Ele ressaltou a magnitude dessa conquista para os araranguaenses, destacando a significativa economia financeira que a gratuidade proporciona. “Nenhum araranguaense vai pagar para andar de ônibus dentro na cidade. Foi uma grande vitória para todos nós. Anteriormente, a tarifa de R$ 4 reais por viagem resultava em um prejuízo de R$ 16 reais diários para quem realizava quatro viagens, totalizando cerca de R$ 300 ao final do mês”, destacou.

Sandro Ramos explicou que, embora o serviço tenha iniciado recentemente e já tenha registrado aproximadamente 553 passageiros em 36 viagens até o momento, ainda há etapas a serem concluídas. “A próxima fase incluirá melhorias nos ônibus e a liberação do aplicativo para download, proporcionando aos cidadãos a comodidade de acompanhar o transporte coletivo de casa. Além disso, ainda falta etapas, como plotagem e melhorias nos ônibus. Com relação ao transporte dentro da cidade, o cidadão usufruirá gratuitamente. Já para deslocamentos intermunicipais, haverá custo”, ressaltou Sandro.