Esportes Um gigante do futebol mundial: pentacampeão Lúcio concede entrevista exclusiva ao programa As Esportivas

Um gigante do futebol mundial: pentacampeão Lúcio concede entrevista exclusiva ao programa As Esportivas

31/01/2024 - 13h07

Em uma carreira repleta de glórias e momentos inesquecíveis, o ex-zagueiro brasileiro Lucimar da Silva Ferreira, mais conhecido como Lúcio, tornou-se uma lenda do futebol mundial. Nascido em 8 de maio de 1978, em Planaltina, região metropolitana de Brasília, Lúcio foi uma referência mundial devido sua atuação nos gramados, destacando-se por sua imponente presença defensiva, sua habilidade no jogo aéreo e sua liderança dentro e fora das quatro linhas.

Em entrevista exclusiva à Rádio Araranguá, no programa As Esportivas apresentado por Jairo Silva e Dejair Inácio, o zagueiro relembrou momentos que marcaram sua carreira no futebol. “Sempre acreditei muito na determinação e no trabalho duro. Foi isso que me fez chegar onde cheguei. Na época, quando cheguei no Internacional, tive a oportunidade de jogar no grande clube. Do Inter, fui para a seleção brasileira e posteriormente para a Europa”, destacou.

Com uma marca impressionante de 52 gols ao longo de sua carreira, Lúcio não apenas brilhou nas defesas dos times que representou, mas também deixou sua marca no ataque, surpreendendo adversários e encantando torcedores em todo o mundo. Sua trajetória vitoriosa o levou a vestir a camisa da Seleção Brasileira em 106 oportunidades, sendo reconhecido como o sexto jogador com mais presenças e o segundo zagueiro mais atuante na história da equipe nacional.

Um dos momentos mais marcantes da carreira foi sua participação como capitão da Seleção Brasileira na Copa do Mundo FIFA de 2010 e na Copa América de 2011, eventos que evidenciaram não apenas sua habilidade como jogador, mas também sua capacidade de liderança e de servir de exemplo para seus companheiros de equipe.

“Aprendi muito com o Dunga. Foi uma pessoa especial na minha vida. Tive a oportunidade de vê-lo levantar a taça em 1994. Em 1999 joguei com ele e depois fui comandado por ele na Seleção Brasileira. Aprendi muito com o Dunga, até hoje é uma inspiração para mim”.

Com respeito a sua primeira convocação para a Seleção Brasileira, o zagueiro viveu momentos marcantes, jogando com grandes estrelas e sob o comando de Luiz Felipe Scolari. “Fui convocado pela primeira vez em 2000. Logo que cheguei o esquema do Felipão ajudou muito em minha adaptação. Com muito treinamento e preparação, fomos nos ajustando defensivamente. Tínhamos um meio de campo e ataque muito forte”.

Após passagens marcantes por clubes como Bayer Leverkusen, Bayern de Munique e Internazionale, onde conquistou títulos nacionais e internacionais, Lúcio escreveu seu nome na história do futebol. “Trabalhei com o melhor treinador, o José Mourinho. Foram muitas conquistas importantes, como a Champions League, campeonato que todo atleta deseja vencer”.

Aos 41 anos, prestes a completar 42, o zagueiro, que disputou suas duas últimas temporadas pelo Brasiliense, anunciou a aposentadoria no dia 29 de janeiro de 2020. Um dos maiores zagueiros da história do futebol mundial, o brasileiro conquistou inúmeros títulos por onde passou e é motivo de orgulho para o país o futebol.

Confira a entrevista completa: