Política Vereador que pode sofrer impeachment em Balneário Gaivota diz estar sendo perseguido

Vereador que pode sofrer impeachment em Balneário Gaivota diz estar sendo perseguido

13/03/2024 - 11h05

Na última sessão da Câmara de Vereadores de Balneário Gaivota, o PSDB propôs a abertura de um processo de impeachment contra o vereador Fernando do Tide, alegando quebra de decoro parlamentar. A sessão ocorreu nessa segunda-feira, dia 12, e o vereador se pronunciou sobre o assunto, deferindo acusações sérias de corrupção por parte da administração municipal. O prefeito Everaldo dos Santos, mais conhecido como Kekinha, em entrevista ao Portal da Rádio Araranguá rebateu as acusações.

Fernando do Tide expressou sua falta de surpresa diante da aprovação, destacando que desde o início de 2021, o PSDB tem buscado silenciar suas denúncias contra a administração municipal. “O PSDB vem tentando calar minha voz, porque faço denúncias dessa administração e eles não aceitam isso”, destacou.

O vereador ressaltou que seu direito à defesa está limitado pelo regimento interno da Câmara, que não contempla um Conselho de Ética para conduzir o processo de forma adequada.  “Eles acham que todos os vereadores têm que dizer parabéns para tudo, que está tudo maravilhoso, o que a gente sabe que não é verdade. Nosso regimento é arcaico, onde nem eles têm como me acusar e nem eu tenho como encaminhar a defesa”, explicou.

Ele afirmou que nunca fez uso de linguagem inadequada durante as sessões e que suas críticas têm como objetivo trazer transparência e responsabilidade à gestão pública. “Fui muito bem-educado e nunca pronunciei nenhuma palavra de baixo calão na Câmara de Vereadores. Essa acusação se trata de uma narrativa deles para tentar me coibir. As vezes um vereador está mentindo na tribuna e eu falo que ele está mentindo, é isso que faço”, acrescentou.

Fernando do Tide mencionou uma série de denúncias feitas por ele, incluindo a compra de uniformes escolares de uma empresa, que o parlamentar alega ter descoberto ser inexistente e o desaparecimento de kits de higiene bucal adquiridos com verbas parlamentares. “O problema principal são as denúncias. Fui junto de outro vereador ao Estado do Paraná, em busca de uma empresa que vendeu uniformes escolares para o município, e a mesma, nunca existiu. Balneário Gaivota está mergulhada em corrupção”, declarou o vereador.

Para Fernando, a principal denúncia que gerou a votação, foi o caso de kits de higiene bucal. De acordo com o vereador, o material nunca chegou à administração. “O estopim para tentarem calar minha voz, foi devido o caso dos kits de higiene bucal, que foram adquiridos com uma emenda parlamentar em um valor de aproximadamente R$ 600 mil. Os kits nunca foram entregues”, concluiu.

A reportagem do Portal da Rádio entrou em contato com o prefeito Everaldo dos Santos, mais conhecido como Kekinha, para dar sua versão dos fatos. “O Fernando se elegeu pelo nosso lado e acabou se vendendo para o outro lado: a oposição”, destacou.

Com respeito as acusações que o vereador fez, se referindo aos kits de higiene bucal e aos uniformes, Kekinha ressalta. “Tudo que a gente vem fazendo é com muita responsabilidade. Tanto a prestação de contas, como a questão do investimento do recurso, que é do povo. Estamos tentando sempre entregar da melhor forma possível”.

“Em 2021, realizamos uma licitação e compramos os uniformes da empresa vencedora, que se localizava no Paraná. Na oportunidade, a empresa cumpriu com tudo o que foi proposto na licitação e entregou os uniformes pelo preço sugerido. Não fizemos nada por trás dos panos, não foi carta convite, a licitação foi aberta para que empresas do Brasil todo pudessem participar”, acrescentou.

Pregão eletrônico

No caso dos kits de higiene bucal, o prefeito explica que a situação não foi diferente e um Pregão Eletrônico foi realizado. “Foi feito a tomada de preço, elaboramos um pregão eletrônico, o que é normal, sendo o que o Tribunal de Contas pede, a gente fez, a empresa veio, participou e venceu com o menor preço. Com isso, compramos, até porque o recurso veio para isso”.

Entrega dos Kits

“Teremos uma qualificação com os nossos educadores, para que possamos no mês que vem, realizar a entrega desses kits. Esse material é para toda nossa rede de escolas. Infelizmente, a gente sabe muito bem como que é a política, eles levam para outro lado. Nossa administração trabalha com muita transparência e responsabilidade no dinheiro público. Prezamos por devolver cada centavo ao contribuinte, da melhor forma possível. Essa é a minha versão com respeito a essas acusações”, explicou o prefeito.