Política Lei de incentivo transforma o cenário elétrico nas áreas rurais de Santa Catarina

Lei de incentivo transforma o cenário elétrico nas áreas rurais de Santa Catarina

24/01/2024 - 09h29

O governo do estado de Santa Catarina sancionou recentemente uma legislação que promete revolucionar o acesso à energia elétrica nas áreas rurais do estado. A nova lei estabelece um crédito presumido de até 20% do ICMS anual para cooperativas e concessionárias de energia elétrica, visando impulsionar a construção de subestações, linhas de transmissão e melhorias na rede trifásica.

A iniciativa, discutida previamente pela Frente Parlamentar de Apoio às Cooperativas de Energia de Santa Catarina da ALESC, presidida e proposta pelo deputado estadual Volnei Weber, representa um marco importante na resolução de um dos principais desafios enfrentados pelo agronegócio catarinense. Audiências em Brasília foram realizadas em parceria com o setor, demonstrando um esforço conjunto para encontrar soluções que beneficiem diretamente os produtores rurais.

Em entrevista à Rádio Araranguá, no programa A Força do Campo, apresentado por Alaor Alexandre, o deputado estadual, Volnei Weber explica. “Essa lei é o resultado de muito trabalho e luta para valorizar o trabalho do homem do campo. Levar energia de qualidade às áreas rurais é contribuir para que os produtores possam transformar seus negócios, tendo acesso à tecnologia de ponta e, consequentemente, agregar valor à produção agrícola catarinense”, explica o deputado Volnei Weber.

Dados fornecidos pela Celesc indicam que apenas 33,7% do meio rural é atendido pela rede trifásica, enquanto 65,7% continuam dependendo da rede monofásica. A disparidade ressalta a importância dessa legislação, que visa corrigir essa lacuna na infraestrutura elétrica, possibilitando que todas as regiões tenham acesso a uma rede mais eficiente.

“Hoje em dia as empresas rurais chegam a gerar mais emprego e renda do que muita indústria. E entendendo essa importância econômica do segmento para o nosso Estado, que encabeçamos, por meio da Frente Parlamentar e em parceria com demais parlamentares, essa luta a favor das cooperativas, das concessionárias e, claro, do homem do campo”, acrescenta Volnei Weber.