Geral Moradores de Araranguá levam susto ao recebe conta de energia com aumento superior a 2.300% 

Moradores de Araranguá levam susto ao recebe conta de energia com aumento superior a 2.300% 

21/06/2024 - 09h38

Araranguá, a Cidade das Avenidas, tem enfrentado uma série de problemas relacionados à emissão de faturas de energia elétrica pela Celesc. Muitos moradores têm relatado aumentos exponenciais no valor das contas, agravado por dificuldades na retirada da segunda via das faturas. Como é o caso de um morador que não quis se identificar. A fatura veio com um aumento de aproximadamente 2.371% a mais do previsto.

“A média que pagamos na fatura era de R$ 80 a R$ 120 reais. Entretanto, foi trocado a unidade consumidora, devido ao um problema que houve, resultando na queima da unidade. Com isso, os profissionais da Celesc vieram até minha residência e realizaram a troca da unidade. Após isso, a fatura da conta de luz não veio e fomos na Celesc pegar presencialmente. Depois de uma manhã inteira esperando para ser atendido, eles emitiram essa fatura (a da foto acima). Acredito que seja engano, por conta da troca da unidade consumidora, porque é impossível dar esse valor”, destacou.

“Na oportunidade, questionamos o profissional que realizou a troca da unidade consumidora, perguntando se não poderia ter vindo de outro lugar e o rapaz disse que não havia problema nenhum com a troca. Ou seja, tivemos um péssimo atendimento da Celesc, que nos direcionou a um atendimento online, o qual, não tem a opção de fatura errada. No final, o app nos leva ao 0800 da Celesc, onde fiquei mais de uma hora. Quando a profissional me atendeu, ela informou que não havia sido feito nada a respeito ainda. Questionando ela, a mesma, desligou a ligação na minha cara”, explicou.

Vários são os casos semelhantes ao do nosso entrevistado. Diante desses transtornos, o vereador Samuel Duarte Nunes, conhecido como Samuca, apresentou um requerimento na última sessão da Câmara de Vereadores. Ele solicita que a distribuição de energia elétrica do município seja transferida da Celesc para a CERSUL – Cooperativa de Distribuição de Energia.

Confira o texto do Requerimento:

“O vereador vem mui respeitosamente à presença de Vossa Excelência, na forma Regimental, após ouvido o Plenário, requerer o envio de expediente ao Presidente da CELESC-Centrais Elétricas de Santa Catarina, Sr. Tarcísio Estefano Rosa, solicitando que à estatal entregue de forma definitiva para a CERSUL – Cooperativa de Distribuição de Energia, a distribuição de toda a energia elétrica do município de Araranguá-SC”.

Justificativa do Requerimento:

A proposta defende que a CERSUL pode proporcionar um atendimento mais personalizado e eficiente aos consumidores de Araranguá, devido à sua estrutura mais enxuta e focada na região. Além disso, a transferência de responsabilidade para uma cooperativa local pode promover o desenvolvimento econômico da região, criar empregos e investir em projetos locais que beneficiem a comunidade. O vereador destaca a importância de considerar a viabilidade técnica, econômica e regulatória dessa transferência, para garantir que seja benéfica para todos os envolvidos.

Comunicado da Celesc

Em resposta aos problemas recentes, a Celesc emitiu um comunicado em seu site, explicando a origem das dificuldades e pedindo paciência:

“A Celesc está atualizando seu sistema comercial para proporcionar uma melhor experiência aos seus clientes. Durante este processo, estamos enfrentando períodos de instabilidade e nossas equipes estão de prontidão, dedicadas à sua solução.

Estamos cientes de que faturas emitidas entre os dias 7 e 15 de maio foram geradas com problemas no código de barras. Para esses casos, serão emitidas e entregues novas faturas com nova data de vencimento e não serão cobrados juros/multas. Informamos que as lojas de atendimento estão recebendo grande volume de pessoas. Por isso, recomendamos aos clientes enquadrados nestas situações que evitem o atendimento presencial.

Esclarecemos ainda que nesse mês de maio a Celesc não fará a suspensão do fornecimento de energia por falta de pagamento das unidades consumidoras. A Celesc sugere que os consumidores emitam a segunda via por WhatsApp (48) 99860-0067 e pelo Call Center – 0800 048 0120, que funciona 24h por dia, durante todos os dias da semana. Reforçamos que o atendimento presencial deve ser procurado apenas em situações muito necessárias. A Celesc continua trabalhando dia e noite para resolver todos os casos e oferecer o melhor serviço possível à sociedade”.

Confira a entrevista: