Segurança Polícia Civil dá detalhes das investigações do assassinato de delegado em Criciúma

Polícia Civil dá detalhes das investigações do assassinato de delegado em Criciúma

08/01/2023 - 13h25

Uma entrevista coletiva com os profissionais dos veículos de comunicação de Criciúma e região, foi organizada no final da manhã deste domingo, 08, na sede da Delegacia Regional de Criciúma para esclarecer os fatos em relação ao crime de latrocínio, que vitimou o delegado aposentado, José Tadeu Vargas dos Santos, de 66 anos, morto a tiros na noite de sexta-feira, 06, em um bar no bairro Capão Bonito, em Criciúma.

Participaram da coletiva, o delegado regional, Vitor Bianco Júnior, e o delegado responsável pela Divisão de repressão a roubos da Divisão de Investigação Criminal de Criciúma, Yuri Miquelluzzi. Na noite do crime, o delegado Tadeu Vargas, chegou a ser socorrido e removido para o hospital São José em Criciúma, mas não resistiu ao ferimento, e faleceu ontem, dia 07. Policiais civis da Divisão Investigação Criminal, prenderam dois suspeitos que confessaram o crime.

De acordo com que foi repassado à imprensa nesta entrevista coletiva, são quatro criminosos envolvidos no latrocínio. Entretanto, um dos homens, ficou no interior de um veículo de cor branca, e três deles que estavam encapuzados, utilizando balas clavas, invadiram o bar em Criciúma, com o objetivo de roubar o estabelecimento, quando o delegado Vargas reagiu, tentando impedir a ação, e foi baleado após troca de tiros com os assaltantes.

Após o crime, dois assaltantes retornaram para o automóvel, que empreendeu fuga, e um terceiro fugiu a pé, e se escondeu em uma região de mata. O primeiro suspeito foi preso na casa de um irmão, no bairro Santa Luzia, no sábado, dia 07, próximo do meio dia. O outro envolvido no latrocínio foi abordado na casa de um amigo, no bairro Vila Zuleima, em Criciúma. De acordo com as informações da Divisão de Investigação Criminal de Criciúma, os dois criminosos foram autuados pelo crime de latrocínio.

O segundo suspeito que se refugiu na casa do amigo, havia alugado um veículo de cor branca, que também foi aprendido pela polícia. De acordo com que foi informado na coletiva de imprensa na manhã deste domingo, dia 08, as investigações apontaram ainda mais dois suspeitos, que estão foragidos.

Os dois homens, conforme os delegados, Vitor Bianco Junior e Yuri Mequelluzzi, serão indiciados, porque deram cobertura aos criminosos, tendo participação indireta no latrocínio que vitimou o delegado, Tadeu Vargas. A vítima deixa dois filhos, de 33 e 17 anos, e a esposa. O corpo do delegado, Tadeu Vargas, foi cremado na manhã deste domingo, em Criciúma.

O Delegado José Tadeu Vargas dos Santos se aposentou na Polícia Civil de Santa Catarina no ano de 2017. No total, foram 29 anos de atuação funcional. Por mais de uma década ele foi o titular da 1ª Delegacia de Criciúma, no bairro Próspera, onde atuou até o seu último dia de trabalho. Vargas também trabalhou no Extremo Sul do Estado, em Turvo.

Confira os detalhes da coletiva na íntegra. Apoio SBT Criciúma, repórter Emanuela Justino: