Geral Presidente da Aciva faz avaliação do ano

Presidente da Aciva faz avaliação do ano

21/11/2022 - 09h14

Um ano positivo. Tanto para a cidade quanto para a associação. Esta é a avaliação do presidente da Aciva, Alberto Sasso, sobre o ano de 2022. Com eleição marcada para o inicio de dezembro e em fim de mandato, o presidente fez um balanço das ações da entidade, com a realização de cursos de capacitação e qualificação, projetou novas ações e defendeu a manutenção de reivindicações que ainda não foram atendidas.

Sasso lembrou que iniciou a sua gestão ainda ao final da pandemia e que isso acabou sendo um dificultador nas decisões. Porém, ele comemorou que ao final os eventos da entidade, como o Forum Aciva de Networking, Premio de Matemática, premio de inovação e feira aciva de profissões, estão tendo sucesso de público.

De acordo com o presidente, isso reforça o bom trabalho que a entidade vem realizando. “A gente fecha o ano, com aumento no numero de associados. Isso é bacana. Não somente para os serviços e soluções que a gente entrega, mas também para as bandeiras, por que muitas vezes nos somos o porta voz dos empresários”, falou Sasso.

Com relação as bandeiras institucionais da Aciva, elas seguem recebendo atenção de toda a diretoria. Uma destas bandeiras é a BR-285, a serra da rocinha, que está em obras, mas ainda não está concluída. “Já tivemos em ato que iam iniciar as obras, e não começaram. Nesse governo andou um pouco, mas já tivemos 5 datas de inauguração e não aconteceu”, lembrou Sasso. Ele reforçou que espera que a obra seja concluída para que o próximo presidente possa colocar outras bandeiras no lugar desta.

Outra iniciativa que recebe atenção da Aciva é a implantação do curso de medicina. Alberto Sasso disse que a entidade acompanha e espera a conclusão do prédio no bairro Mato Alto. “A gente ve que tem um prédio praticamente pronto ali no Mato Alto, mas a gente sabe que faltam algumas etapas pra que ele fique pronto, pra que os alunos e a comunidade possa utilizar, talvez com um pronto atendimento”, cobrou.

Desenvolvimento sustentável no Morro dos Conventos

Mais uma destas bandeiras acabou surgindo para a entidade, que é a questão do Morro dos Conventos. Quando surgiu uma recomendação do Ministério Público Federal para a retirada de parte do deck e de uma das alças de acesso a praia, a Aciva não se omitiu. A entidade lançou uma nota defendendo a manutenção do deck, pois, de acordo com o presidente, todos os órgãos ambientais aprovaram o projeto.

“Seria injusto por parte da Aciva, que sempre cobrou esse desenvolvimento sustentável no Morro dos Conventos e quando está sendo feito a gente se omitir”, concluiu o presidente da entidade.