Geral Araranguá homenageia sua padroeira, prefeitos de Praia Grande e Santa Rosa do Sul pedem obras de contenção ao governador e as cheias no RS

Araranguá homenageia sua padroeira, prefeitos de Praia Grande e Santa Rosa do Sul pedem obras de contenção ao governador e as cheias no RS

06/05/2024 - 10h18

Mesmo com a chuva, a fé levou uma multidão à festa de Nossa Senhora Mãe dos Homens neste final de semana em Araranguá.  Sábado foi o ponto alto das festividades, quando aconteceu o ponto alto da festa, a procissão, que contou com milhares de fiéis vindos de várias cidades da região e de outros Estados.

Adoração

A tradicional coroação de Nossa Senhora aconteceu na noite de sexta-feira. Uma homenagem ao devoto Vâner Luiz Batista de Carvalho, o Vaninho, marcou a noite. Vaninho é conhecido por ser um fervoroso devoto da Mãe dos Homens.

Impediu

A chuva impediu que o helicóptero jogasse as pétalas de rosas na chegada da imagem à igreja matriz. Mas as pétalas foram jogadas sobre os fiéis do alto dos carros de som.

Vacinação

A secretaria de Saúde de Araranguá está colocando à disposição da população a vacina contra a gripe. As doses estão disponíveis para todas as pessoas a partir dos 6 meses de idade. A população deve procurar as Unidades Básicas de Saúde (UBS), que funcionam das 7h30min às 12h e das 13h às 16h30min. Outra opção para a vacinação é uma sala centralizada, situada na rua Deputado Afonso Ghizzo, atrás do Bom Pastor, com horário de funcionamento das 7h às 16h30min, sem interrupção ao meio-dia.

Governador

O govenador do Estado Jorginho Mello esteve em Praia Grande no último sábado. Veio prestar solidariedade ao município, que, mais uma vez foi atingido pelas cheias do Rio Mampituba. O prefeito Fanica recebeu o governador e apresentou as dificuldades que o município enfrenta, devido às cheias e os prejuízos causados por mais uma enchente. A agricultura de Praia Grande foi, mais uma vez atingida.

Projeto de drenagem

Presente na visita do governador em Praia Grande, o prefeito de Santa Rosa do Sul, Almides Roberg da Rosa, fez um alerta e dois pedidos em nome da região, com o intuito de reduzir prejuízos a centenas de agricultores. O controle e manutenção da barragem do Tenente, que traz preocupações a cada período climático mais intenso, que segundo o relato do prefeito sempre que chove com intensidade, a preocupação com a barragem vem à tona e um projeto de drenagem e desassoreamento de córregos e rios para Santa Rosa do Sul, São João do Sul e Praia Grande. O prefeito destacou que já existe um trabalho neste sentido, mas será preciso a ajuda do governo do Estado.

Ajuda

Exemplar a atuação do Corpo de Bombeiros de SC no salvamento no Rio Grade do Sul. Hoje haverá a troca de equipes para a continuidade dos trabalhos.

O tamanho da tragédia

No momento em que o Rio Grande do Sul está debaixo d’água, ainda não se pode contabilizar as perdas materiais e de vidas. Segundo relatos de pessoas que atuam no resgate de vítimas, não é possível mensurar o número de pessoas que podem estar mortas dentro de suas casas, uma vez que a água subiu rapidamente. Quando as águas baixarem, aí sim, será possível entender o que realmente aconteceu e o tamanho da tragédia que estamos acompanhando.

Furtos

Em meio a toda a situação de sofrimento, com pessoas esperando dois a três dias em cima de telhados para serem socorridas, o que se observa é o povo socorrendo o povo. Milhares de voluntários com jet-ski, ou barcos de todos os tamanhos andam pelas ruas alagadas em socorro aos que precisam. Mas ao mesmo tempo em que o ser humano tem este desprendimento, seres menos humanos também revelam sua face maligna. Alguns barcos que andaram pelas ruas alagadas não eram para socorro, mas sim para saquear. Voluntários sofreram tentativas de roubo de seus barcos, entre outros acontecimentos em que fica clara a distância do entendimento dos bons costumes e de Deus. É só mais um exemplo de que o bem e o mal estão lado a lado e que nós podemos escolher sempre, onde queremos estar.