Geral Covid-19: bebês começam a ser vacinados em Araranguá na próxima segunda-feira

Covid-19: bebês começam a ser vacinados em Araranguá na próxima segunda-feira

16/11/2022 - 15h15

Segundo levantamento feito pela secretaria Estadual de Saúde, Araranguá possui atualmente 482 crianças de 6 a 11 meses de idade.

A secretária de Saúde do município, Daiane Biff, explica como vai funcionar a imunização desse público-alvo em Araranguá.

“Antes a vacinação estava liberada para crianças acima dos 2 anos e com essa nova deliberação entram na campanha crianças a partir de 6 meses. Estaremos iniciando a imunização na segunda-feira, todas as tardes de segunda à quinta. Nesse começo iremos receber um número reduzido de frascos, por isso iremos centralizar no Bom Pastor. Os pais precisam comparecer no horário das 13h às 16h, com a carteira de vacinação das crianças”.     

Confira o número de crianças entre 6 e 11 meses de idade na Amesc

Araranguá – 482

Balneário Arroio do Silva – 84

Balneário Gaivota – 83

Ermo – 11

Jacinto Machado – 60

Maracajá – 56

Meleiro – 42

Morro Grande – 18

Passo de Torres – 40

Praia Grande – 53

Santa Rosa do Sul – 49

São João do Sul – 56

Sombrio – 211

Timbé do Sul – 32

Turvo – 82

Distribuição das doses

 As doses de Pfizer para a vacinação de bebês e crianças a partir dos seis meses de idade estão sendo distribuídas para as Unidades Descentralizadas de Vigilância Epidemiológica das centrais regionais nesta quarta-feira, 16. Das 34 mil doses recebidas pelo Estado na última sexta, 11, aproximadamente 11 mil (11.290 doses) estão sendo enviadas aos municípios neste primeiro momento. As demais ficarão armazenadas na Rede de Frio estadual para garantir a aplicação da segunda e terceira doses. Os imunizantes devem estar disponíveis nos municípios catarinenses entre quinta e sexta-feira.

A distribuição começou pela manhã, por volta das 8h. Para as centrais regionais da Grande Florianópolis, Itajaí, Blumenau, Joinville, Criciúma, Araranguá, Tubarão, Mafra, Jaraguá do Sul, Rio do Sul, Lages, Videira e Joaçaba as doses seguiram via terrestre. Para as centrais de São Miguel do Oeste, Chapecó, Xanxerê e Concórdia, o transporte é feito pelo avião do Corpo de Bombeiros Militar.

A gerente de imunização da Diretoria de Vigilância Epidemiológica (DIVE), Arieli Fialho, reforça que devido ao pequeno número de doses que chegaram ao Estado, a vacinação será escalonada por faixa etária, da menor para a maior, sendo que crianças com comorbidades têm preferência na vacinação, independentemente da faixa etária. “Nessa remessa estamos enviando doses para a vacinação de bebês de 6 a 11 meses, mas se o bebê tem comorbidades, ele pode ser vacinado em qualquer faixa etária até dois anos. É importante que os pais, antes de levarem os filhos para vacinar, consultem as informações sobre locais, datas e faixa etária de vacinação com a secretaria de Saúde do seu município de residência”, explica.

Em Santa Catarina, a recomendação é que a imunização ocorra nesta ordem: bebês de 6 meses a 11 meses e 29 dias; depois, bebês de 1 ano a 1 ano, 11 meses e 29 dias; e, por fim, crianças de 2 anos a 2 anos, 11 meses e 29 dias. A população total estimada entre seis meses e dois anos é de 244.674 bebês e crianças.