Economia Édio Kunhasky Junior assume presidência da Aciva

Édio Kunhasky Junior assume presidência da Aciva

16/12/2022 - 07h22

A Associação Empresarial de Araranguá e do Vale do Araranguá, Aciva, tem novo presidente. O empresário Édio Kunhasky Junior foi empossado na noite desta quinta-feira, 15, na sede da entidade. A solenidade foi prestigiada por empresários e lideranças políticas da cidade e da região. Entre outros desafios, o novo presidente deverá encaminhar a construção de uma nova sede e buscar a homologação do centro de inovação, além de manter as pautas da entidade.

“É uma honra a gente poder assumir uma entidade tão representativa e atuante em Araranguá. A gente tem nessa nova diretoria, empresários que são inovadores e que buscam sempre o desenvolvimento de negócios e dos ambientes de negócios”, disse o novo presidente. Recentemente a entidade recebeu da prefeitura municipal um terreno para a construção da sua nova sede.

De acordo com Kunhasky, o projeto não será somente de uma sede para a Aciva, mas deverá se transformar em uma referência para os empresários. “Nós temos algumas frentes a serem trabalhadas e nós precisamos identificar agora quais são as necessidades de curto, médio e longo prazo. Dentro dessa nova estrutura, vai ter a sala do empreendedor, que vai possibilitar quem quer empreender a tirar dúvidas e também a secretaria da indústria e comércio, para facilitar e ser mais flexível com os empresários”, afirmou.

Inovação como meta

A entidade já tem participado de um movimento de inovação na cidade, com a incubadora de empresas, com o conselho de inovação, entre outras iniciativas. O novo presidente da Aciva elencou a inovação como uma das metas do seu mandato. “Essas ações focadas, olhando para médio e longo prazo, elas vão fazer muita relevância para o futuro da nossa cidade”, afirmou.

Bandeiras regionais

Ao longo dos últimos anos, a Aciva tem buscado convencer o poder público de que algumas iniciativas na região são muito importantes para o desenvolvimento. Kunhasky afirmou que para cada uma dessas bandeiras, como a conclusão da BR-285, a interprais, a conclusão do prédio da UFSC, terão um diretor que acompanhará de perto essas ações. “Hoje a gente tem uma diretoria formada por pessoas muito ativas, que tem uma grande visão de cada área. Então a gente vai contar com essa diretoria e cada diretor já sabe da sua função”, explicou.