Geral Projeto para resolver problema da Beira Rio deve sair até fevereiro

Projeto para resolver problema da Beira Rio deve sair até fevereiro

24/01/2023 - 18h14

Com o passar dos dias a rua Rui Barbosa, também conhecida como a Beira Rio de Araranguá, vem cedendo cada vez mais, principalmente em decorrência das fortes chuvas. O problema não é de hoje, mas está aumentando a preocupação do poder executivo e de quem precisa passar pelo local.

Mas a prefeitura vem trabalhando constantemente em busca de uma solução definitiva. Antes mesmo do encerramento do mandato do governador Carlos Moisés, a Administração de Araranguá montou uma força tarefa para garantir que os recursos para a revitalização da Beira Rio, realmente tivessem esse destino e na sequência já iniciou o recapeamento asfáltico.

O valor do convênio com o Estado é de R$ 5 milhões. O projeto contempla toda a revitalização da Rui Barbosa e um dos pontos mais importantes é a contenção do rio, para que não haja mais desmoronamento.

Em entrevista à Rádio Araranguá, o secretário municipal de Obras Cristiano Coral, explicou as medidas adotadas para evitar que a erosão na via aumente.

“Estamos acompanhando essa situação de perto. Precisamos fazer uma sondagem de toda a extensão. Foram feitos quinze furos de sondagem no barranco. Agora em novembro e dezembro mais três furos de sondagem dentro do rio foram feitos”.

Projeto

Coral ainda adianta que o poder executivo está aguardando um estudo mais elaborado para escolher o melhor tipo intervenção a ser feito no local.

“A empresa contratada para fazer o planejamento já está finalizando o projeto. Teremos em breve esse projeto de como devemos proceder na parte de engenharia ali na beira do rio. Não é apenas colocar pedras, existe toda a parte de engenharia, subsolo e solo mole. Precisamos estar preparados para que realizem um projeto que fique bom. Não queremos que fique igual a última gestão. Queremos resolver este problema definitivamente. Até o mês de fevereiro estaremos com o projeto pronto. Para então poder fazer toda a parte de proteção da encosta”.