Geral Radiodifusor Evaldo Stopassoli será homenageado in memoriam

Radiodifusor Evaldo Stopassoli será homenageado in memoriam

25/04/2024 - 13h20

Anunciado o primeiro nome de personalidades que receberão a Comenda ACAERT na cerimônia de abertura do 19º Congresso Catarinense de Rádio e Televisão/ACAERT Next no dia 19 de maio, no Centrosul, em Florianópolis. O radiodifusor Evaldo Stopassoli será homenageado in memoriam. O filho  Ricardo Stopassoli recebeu na noite desta quarta-feira, 24, em Criciúma, a informação oficial da escolha pela vice-presidente de Capacitação e Integração, Carolina Guidi, durante a realização do road show ’Pense Rádio, Pense TV’, na Unesc.

Pelo regulamento, os escolhidos para receberem a Comenda ACAERT devem ter atuação exemplar e desempenho reconhecido na área em que atuam, com trabalho comprovado em prol do desenvolvimento e profissionalização da radiodifusão em Santa Catarina, entre outros atributos. O escolhido poderá ser um radiodifusor, profissional de emissoras, empresário ou personalidade em atividade ou não, ou ‘in memoriam’, como foi o caso.

Após receber indicações de vice-presidentes temáticos e regionais, uma Comissão da Comenda escolhe os homenageados. Desta vez, a comissão foi composta por Marise Westphal Hartke e o comendador Ranieri Moacir Bertoli (membros do Conselho Superior), Roberto Dimas Amaral (VP Inovação e Competitividade), Vidal Lohn Filho (VP Regional Gde Fpolis) e Vanderlei Peretti (VP Sul).

EVALDO STOPASSOLI

Nascido em 21 de  maio de 1946  em Lauro Muller (SC). Foi casado 43 anos com a Sra. Zenóbia de Pellegrin Stopassoli. Dessa união nasceram 2 filhos, Eduardo e Ricardo.

Evaldo Stopassoli iniciou sua vida profissional muito jovem, com 12 anos era office boy no Hotel Morro dos Conventos em Araranguá, empreendimento da família Freitas, proprietária do Grupo Cecrisa.

Desde então, Evaldo foi galgando promoções dentro do conglomerado, alcançando a Direção Comercial do Grupo com sede em Criciúma que envolvia os ramos de hotelaria, cerâmica, fazendas com criação de gado e cultivo de grãos, empresas de comunicação, mineração, tecnologia entre outros.

Participou da implantação e gestão de mais de 10 emissoras de rádio e de pelo menos quatro canais de televisão que integravam a RCE – Rede de Comunicações Eldorado.

Além da grande capacidade de gestão, notabilizou-se pelo poder de articulação e diálogo nos meios político e empresarial. Esteve presente em boa parte das conquistas obtidas nos diversos governos para com a região Sul, porém fazia questão de manter-se no anonimato.

Discreto, raciocínio rápido, cumpridor de suas obrigações, tornou-se pelo exemplo um referencial da radiodifusão catarinense, sendo admirado por colaboradores e amigos.

Evaldo Stopassoli sempre foi uma pessoa requisitada pelo conhecimento e experiência em gestão e conciliação. “Vamos pegar a opinião do Evaldo…” essa era a tônica quando alguma dúvida pairava no ar nos mais diversos segmentos sociais.

Nos anos 90, após sua aposentadoria do grupo Cecrisa, adquiriu as rádios Araranguá AM e FM, ( hoje Rádio Araranguá FM e 92 FM Criciúma ) dedicando-se ao setor até seus últimos dias. Também em Criciúma, Araranguá e região implantou diversos empreendimentos imobiliários. Trabalhou intensamente até fevereiro de 2020.