Geral Acidente ou mais um ato de depredação do patrimônio público em Araranguá?

Acidente ou mais um ato de depredação do patrimônio público em Araranguá?

30/08/2023 - 14h23

Acidente ou depredação? O que aconteceu no canteiro central na rótula onde se encontram as avenidas Coronel João Fernandes com a Sete de Setembro? A ponta da rótula amanheceu com marcas de pneus com as flores detonadas. Prefiro acreditar que foi acidente, pois do contrário, passarei a me recusar em acreditar no ser “Humano”.

Como explicar?

Constantemente observamos fotos de pessoas visitando cidades e locais, onde existem belezas naturais, ou como Gramado, por exemplo, onde a cidade foi preparada para o turismo. Agora que estamos preparando nossa cidade para concorrer com estas cidades e atrair turistas para nossa casa, ainda tem pessoas que querem estar na contramão? Não há como justificar, nem explicar.

Câmeras

A administração municipal vai buscar junto à Policia Militar e empresários, imagens de câmeras para identificar o veículo e seu condutor. 

Comemoração

A Unesc comemorou na noite de ontem os 10 anos de implantação do projeto Unesc virtual. A noite foi de reconhecimento e homenagens aos precursores do projeto, que tornou a universidade pioneira no setor. Foram homenageados, as professoras Elisa Netto Zanette, Graziela Fátima Giacomazzo, Elenice Padoim Engel e Michele Domingos Schneider receberam placas pelas respectivas participações fundamentais na trajetória do Ensino à Distância da Universidade.

Organizando

Com o recebimento de telhas da Defesa Civil estadual a prefeitura de Balneário Gaivota tenta organizar a distribuição. A orientação é que as pessoas já cadastradas pelas assistentes sociais e que tem o ticket por elas fornecido, busquem as telhas com transporte próprio, sem possível. Acontece que com a grande demanda, a prefeitura está encontrando dificuldades em atender a todos os que tiveram suas casas atingidas.

Palestra

Acontece amanhã no Balneário a Arroio do Silva a palestra: “Muito prazer, eu sou autista”, com o palestrante Marcos Petry. A palestra é uma promoção da prefeitura municipal com a secretaria de Educação do município. Marcos Petry é escritor, palestrante, músico e produtor de conteúdo no canal Diário de um Autista. A palestra está marcada para amanhã, quinta-feira às 19h30min no Salão Paroquial Jardim Atlântico.

Comissão

A Comissão de Assuntos Municipais da Assembleia Legislativa vai acompanhar de perto as transferências do governo do Estado para os municípios, através do TEV. O deputado estadual Tiago Zilli, que preside a comissão, entende que após a aprovação do projeto que viabilizou a retomada do envio de verbas aos prefeitos com obras paralisadas, é necessário o acompanhamento pela comissão.

Veto derrubado

O projeto de lei do deputado José Milton Scheffer que estabelece a Política de Incentivo ao Consumo da Carne Suína em Santa Catarina, teve um veto parcial do governo do Estado. Mas ontem, esse veto parcial foi derrubado pelos parlamentares, que justificaram, devido a importância de seu conteúdo. 

O projeto

O projeto, do deputado Zé Milton estimula o consumo da carne suína e impulsiona a cadeia produtiva do setor em Santa Catarina. Ainda constam no texto o incentivo ao consumo de carne suína produzida no Estado, valorização do trabalho dos suinocultores, desenvolvimento de arranjos produtivos, apoio técnico e operacional aos suinocultores, pesquisa e estudos técnicos para dar suporte ao desenvolvimento da produção, disponibilização de recursos financeiros e estímulo e inclusão do consumo da proteína suína nas escolas.

Investimento

Está definida a data para a inauguração da usina de asfalto, que será em consórcio entre os municípios de Maracajá, Forquilhinha e Nova Veneza. Será dia 16 de setembro, às 11h, na Rodovia 476, bairro São Gabriel. A definição ocorreu em reunião entre os prefeitos Aníbal Brambilla, José Claudio Gonçalves e Rogério Frigo. A usina de asfalto terá um custo de R$ 8.753.850,17, já com todos os equipamentos necessários ao funcionamento. Pintura e sinalização.

Desrespeito

Em tempos em que todos os nossos principais valores têm sido atacados todos os dias e a desconstrução da família e de nossas crenças tem sido a tônica, também vemos todos os dias os resultados de tais atitudes e escolhas. A falta de respeito a tudo e a todos há muito tempo também já chegou aos mortos. Várias vezes temos registrado aqui reclamações de famílias sobre os furtos de janelas e portas dos cemitérios em Araranguá. O cemitério da Getúlio Vargas, depois que providências foram tomadas pela administração municipal, não teve mais registros. Mas o cemitério novo da Divinéia, continua registrando furtos. Recebi ontem de um ouvinte um vídeo que mostra mais uma capela furtada, depredada, por quem não se importa, não respeita e não está nem aí para o que os restos mortais de seus entes queridos a eles representam. Pode ser um crime de menor poder ofensivo perante a justiça, mas deve doer na alma das famílias.